« 1 ... 83 84 85 (86) 87 88 89 ... 131 »
Online
AjAraujo
Graças à Vida (Violeta Parra)
Graças à vida que tem me dado tanto Me deu dois olhos que quando os abro Distingo perfeitamente o...
Enviado por AjAraujo
em 11/07/2010 15:31:35
Online
AjAraujo
Um breve canto
Entre sonhos e o rumorejo da brisa na folhagem... serenamente ruma ao poente a tarde de matiz vi...
Enviado por AjAraujo
em 11/07/2010 14:52:31
Online
AjAraujo
ABC do amor (Alfabeto do amor) *
A letra A quer dizer- Amor perfeito, A letra B quer dizer- Bem nos queremos, A letra C quer d...
Enviado por AjAraujo
em 10/07/2010 14:26:57
Online
AjAraujo
Janela de Ouro (Egberto Gismonti)
Não quero mais o cheiro de dor Confusão, os dias febris Descobrir um país na manhã ao som dos s...
Enviado por AjAraujo
em 10/07/2010 13:50:56
Online
AjAraujo
Água e Vinho (Egberto Gismonti)
Todos os dias passeava secamente na soleira do quintal... A hora morta a pedra morta acorria as ...
Enviado por AjAraujo
em 10/07/2010 13:41:06
Online
AjAraujo
Aos que virão depois de nós (Bertolt Brecht)
I Eu vivo em tempos sombrios. Uma linguagem sem malícia é sinal de estupidez, uma testa sem ru...
Enviado por AjAraujo
em 09/07/2010 18:11:51
Online
AjAraujo
O Analfabeto Político (Bertolt Brecht)
O pior analfabeto é o analfabeto político. Ele não ouve, não fala, nem participa dos acontecime...
Enviado por AjAraujo
em 09/07/2010 18:01:03
Online
AjAraujo
Ah! Desgraçados. (Bertolt Brecht)
Um irmão é maltratado e vocês olham para o outro lado? Grita de dor o ferido e vocês ficam c...
Enviado por AjAraujo
em 09/07/2010 17:56:58
Online
AjAraujo
Mario Benedetti: Seleção de Haikais
I. E se no crepúsculo o sol era memória já não me lembro II. As religiões não salvam / são apen...
Enviado por AjAraujo
em 09/07/2010 01:51:48
Online
AjAraujo
Passatempo (Mário Benedetti)
Quando éramos crianças os velhos tinham trinta uma poça era um oceano a morte definitivamente não...
Enviado por AjAraujo
em 09/07/2010 01:33:42
Online
AjAraujo
Redes
Vivemos em redes, alçados nas internetes, O próprio cérebro e seus grandes circuitos. Redes neu...
Enviado por AjAraujo
em 09/07/2010 01:00:00
Online
AjAraujo
A Memória Divina (Gabriela Mistral)
Se em minhas mãos abandonardes uma desnuda estrela, nem para defender minha alegria saberei escon...
Enviado por AjAraujo
em 07/07/2010 00:04:13
Online
AjAraujo
Pão (Gabriela Mistral)
Deixaram sobre a mesa um pão meio branco, meio queimado, beliscado em cima e aberto como umas mig...
Enviado por AjAraujo
em 06/07/2010 23:56:54
Online
AjAraujo
Canto do Justo (Gabriela Mistral)
Peito do meu Cristo mais ensanguentado do que o pôr do sol: meu sangue secou. Mãos de...
Enviado por AjAraujo
em 06/07/2010 23:50:41
Online
AjAraujo
Queria apenas...
Queria apenas... ouvir um canto de bem-te-vi daqueles que bem vi na infância no raiar da manhã n...
Enviado por AjAraujo
em 06/07/2010 00:45:10
Online
AjAraujo
Solidão
S ensação de melancolia, O stracismo impera, L etargia, anergia, I nquietação, insatisfação,...
Enviado por AjAraujo
em 06/07/2010 00:29:28
Online
AjAraujo
A verdadeira coragem (Pensamentos I-XXXII, Rochefoucauld)
I. A verdadeira coragem está em fazermos sem testemunha o que seríamos capazes de fazer diante de...
Enviado por AjAraujo
em 05/07/2010 21:04:25
Online
AjAraujo
Cenas Cotidianas (tributo a Sidney Miller)
"O automóvel corre, a palavra morre, o suor escorre e molha a calçada." S. Miller (Po...
Enviado por AjAraujo
em 04/07/2010 23:08:13
Online
AjAraujo
Crise convulsiva (AjAraujo)
Somos eternos transeuntes estranhos em nosso próprio chão, o mesmo aroma que brota aqui, com ce...
Enviado por AjAraujo
em 04/07/2010 22:52:31
Online
AjAraujo
A pátria de chuteiras
Já não é de hoje que o futebol exerce uma mística sobre o nosso povo. A arte e a magia da esfera...
Enviado por AjAraujo
em 04/07/2010 13:59:08
« 1 ... 83 84 85 (86) 87 88 89 ... 131 »