Poemas, frases e mensagens de Sthanya

Seleção dos poemas, frases e mensagens mais populares de Sthanya

Viver a vida

 
Se queres viver de paixão
Então segue o teu coração
Abraça quando quiseres
Beija quando puderes

Não importa o que está ao teu lado
Não importa se és culpado
Deves ser louco por viver,
E por erros cometer..

Amanhã o sol reaparecerá
É dia de viver mais uma vez
A felicidade não surgirá
Se não viveres um dia de cada vez
 
Viver a vida

Procura constante

 
Se soubesse o que era amar
Não valeria a pena viver
Passei a vida inteira a tentar
Que não sei se um dia vou aprender

Com tanto fluxo no mundo,
Existe tão pouca satisfação
Com tanto espírito imundo
É natural que não haja compaixão

Gostava de ser diferente
Cada dia me acho mais igual
Quando vejo algo comovente
Descubro rapidamente o banal

Gostava de ver por uma vez na vida
O que eu espero encontrar um dia
Assim saberei que existe saída,
Que deverei manter-me nesta via
 
Procura constante

Fonte de inspiração

 
Acredita!, meu sentimento mais verdadeiro não podia ser
Eu vivo, eu respiro, eu não te consigo esquecer
Estou lembrando agora.. o teu sorriso na minha mente
Esse pensamento que me afoga, que me faz tão carente

És a origem, a fonte, a essência da minha inspiração
Isso só prova que o que sinto, provêm do coração
Faz-me mal estar muito tempo sem ti por perto
O meu dia fica quente, sombrio como o deserto

Como eu já imagino o meu corpo nos teus braços
O clima quente da saudade, os beijos apaixonados!
Não vejo a hora de te ver, de te cheirar, estar junto a ti
De ver nos teus olhos, tudo aquilo, que um dia eu pedi
 
Fonte de inspiração

Será que não é amor

 
Será que não é amor
E apenas obsessão?!
Eu preciso do teu calor
Da tua coragem de leão

Pode ser a solidão,
A vontade de amar...
Pode ser apenas paixão,
E em dois dias terminar...

Um vazio se cobre,
E nem perto estás
Tens uma mente pobre,
De filho de Satanás...

Tão fácil descartar
Aquilo que usei
Tão fácil desarmar
A arma com que matei
 
Será que não é amor

Chama do Amor

 
De uma coisa não tenho dúvidas
És o homem que quero para mim
As provas são evidentes, húmidas!
Acredita!, nunca me senti assim...

Dás-me paz por mais que um dia
És a razão de toda aquela alegria
Entre gemidos e algum medo
Não tenho qualquer segredo

Adoro sentir o suor do teu corpo
Beijar-te, lamber-te, deixar-te doido
Sinto todo o teu amor naquele abraço...
Dá-me vontade de te arrancar um pedaço!

Deixa-me dizer-te tudo o que penso
O teu sorriso é lindo de morrer
Onde tocas deixas um ambiente tenso
Que já nem eu me consigo conter
 
Chama do Amor

Medo de Amar

 
Fizeste-me rir, fizeste-me chorar
Só queria aprender a amar
Tens tudo, num só sorriso
É a isso que se chama de paraíso

Quem me dera poder ver o que não vejo
Um caminho que me liga ao desejo
Fica comigo até o mundo respeitar
Que o nosso amor não irá acabar

Tenho um único coração partido
Que já foi tanta vez iludido
Não o faças sofrer mais uma vez
É dessa que desisto sem porquês.
 
Medo de Amar

Novo amor

 
Mostra-me como são os teus dias
Conta-me a magia do teu pensamento
Diz-me que sem mim tu não vivias
Que me amas a todo o momento

Fazes com que anseie o fim de semana
Quero abraçar-te na tua cama
O meu desejo é um beijo teu
O meu sonho é que teu corpo seja meu

Tu invades o meu ser, a minha mente
O meu coração explode de excitação
Prendes-me no teu sorriso ardente
Enlouqueces-me com tanta paixão

Vem!, com toda a tua vontade
Vontade de amar e de ser amado
Eu te darei toda aquela felicidade
Que não encontras-te noutro lado
 
Novo amor

Imperfeição

 
Porque o perfeito não existe
Porque o bom não se extingue
Quero ter paz e não sacrifício
Estar no alto sobre a superfície

Mas o mundo nunca nos mostra uma ideia
Vivemos e morremos como numa colmeia
Julgam o maior pelo erro do inferior
Julgam por fora sem explorar o interior

Como é difícil viver sem uma fantasia
Todo o fictício nos causa alegria
Quero realmente aos vento me atirar
Seguindo a voz de quem me respeitar
 
Imperfeição

Ilusão

 
Esta ansiedade consome-me
- Quero-o só para mim!
Sinto-me tão incapaz de o ter
- Quero lutar até ao fim!

Desejos quase proibidos
Mas não consigo conter
Que corpo destemido
Não me deixa viver

Vamos unir-nos como nós
Sorrir para o azar
Não ficaremos sós
Se soubermos amar

Gostava que fosse verdade
O coração estar agora certo
Mas aparece criar infidelidade
Quando estamos perto
 
Ilusão