https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

Soneto nº 2000

 
Tags:  poemas    sonetos    cachaça  
 
Open in new window


Soneto nº 2000

Chegar a escrever o soneto dois mil
Em minha mente eu tenho esta meta
Uns dirão que isto é um ato pueril
Outros dirão que é loucura de poeta

Eu vou registrando em minha poesia
Tudo o que sinto e me vem à cabeça
Falo do que me ocorre no dia a dia
Embora alguma coisa nunca aconteça

Isto deve ser vício, alguns irão dizer
Outros, que não tenho o que fazer
E muitos em poemas não acham graça

Mas fazer poemas pra mim é salutar
É a forma que tenho de me comunicar
É mais que vício, é a minha cachaça.

jmd/Maringá, 10.11.09




verde

 
Autor
João Marino Delize
 
Texto
Data
Leituras
477
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
3
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
jlpf
Publicado: 11/11/2009 00:38  Atualizado: 11/11/2009 00:38
Super Participativo
Usuário desde: 16/02/2009
Localidade: Lisboa
Mensagens: 137
 Re: Minha meta
Adorei seu poema e devo dizer que os outros não dirão que é coisa de pateta, mas sim coisa de "Poeta". E um nobre e valoroso poeta você o é.

Parabéns

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 11/11/2009 00:44  Atualizado: 11/11/2009 00:44
 Re: Minha meta
Escreva amigo poeta faça da poesia seu vício...um vício tão bom e tão bem que o faz
Abraços
MARY

Enviado por Tópico
Branca
Publicado: 11/11/2009 16:48  Atualizado: 11/11/2009 16:48
Colaborador
Usuário desde: 05/05/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 2992
 Re: Soneto nº 2000
Continue a escrever sonetos...
Mês passado encontrei um livro de Vinícius de Morais, onde só há sonetos, amei.
A construção poetica do soneto é gostosa de ler...
Quero ler o soneto 3.000!!!
beijo.