https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

SOU

 

Sou esse poema fútil
Este verso tão inútil
Desprovido de harmonia
Sou essa mulher sonhadora
Ora santa e pecadora
Lucidez e tresvalia
Sou a mulher que te espera
Que agora te venera
Delirando o teu amor
Sou essa poetisa louca
Que dessa tua boca
Deseja sentir o sabor
Sou a mulher maravilhosa
Que citas na tua prosa
Hoje pela primeira vez
Sou essa ardente espera
Que agora por ti anela
Nesta louca insensatez

 
Autor
MadaiQueiroz
 
Texto
Data
Leituras
326
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.