https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Dedicatória : 

MENESTREL DA VILA

 
<img src="http://www.eunanet.net/beth/images_ar ... ubio_consul.jpg">

Menestrel da Vila

Quando te vi meus olhos escuros
Mergulharam no azul de tua doce íris
Nadei em tua essência branco puro
Como o terno que vestias e por um triz...

Vi a menina que já fui, frágil e sensível
Lutando e crendo que seria mulher feliz
De certa maneira alcancei o impossível
Destino de pobre é lutar, vencer o perdiz

Vi a menina correndo contra o vento
Envelhecendo com o tempo a escrever
Palavras soltas de amor e sofrimento

Vi a menina a sorrir naquele momento
Na vida há coisas que não se pode prever
À Miguel Rubio o menestrel meu agradecimento!


"A vida de um poeta é como uma flauta na qual Deus entoa sempre melodias novas." (Rabindranath Tagore)
Open in new window

http://taniamarapoesias.blogspot.com









Miguel Rubio Miguelzinho da Vila
[Cônsul - Vila Matilde-SP]


' TELA DA VIDA'

SOU O VENTO, ONDE NAVEGAM NUVENS ADORMECIDAS,
SOU A BRISA SUAVE QUE BALANÇA O BERÇO DO MUNDO,
SOU A LUZ DE TODAS AS CORES, NOS OLHOS DE CADA VIDA,
QUE ILUMINA TODOS OS SERES, E O INFINITO MAIS PROFUNDO.

SOU O RASTRO DE TUAS PEGADAS; TODAS AS VEZES ...
PARA CRIAR O TEU RUMO CERTO, NUMA ESTRADA FLORIDA!
SOU A ÁGUA AONDE VIVERÁS, ATÉ NOVE MESES ...
E MESMO SEM SABER QUEM TU ÉS ... CHEGARÁS CHEIO DE VIDA!

SOU A FOME QUE ALGUMAS VEZES, HABITARÁ O TEU CORPO:
PARA QUE CONSIGAS JAMAIS TE ESQUECER;
QUE ... MESMO VIVENDO PELO MUNDO LIVRE E SOLTO,
TERÁS QUE: LUTAR, TRABALHAR, PLANTAR E COLHER.

SE PASSARES POR ALGUM CAMINHO E VERES CAIDO O TEU IRMÃO,
PARE! REFLITA, NÃO O VEJAS COMO: MORIMBUNDO OU INDIGENTE;
NÃO TE FURTES EM TEU GESTO, AJOELHA-TE, DA-LHE A TUA MÃO,
VERÁS REFLETIDO EM TEUS OLHOS, UM SER COMO TU: GENTE!

MAS ... QUANDO ... UM DIA, JÁ ESTIVERES EXAUSTO DA LIDA,
E CAMINHARES SÓ NA RUA DO SILENCIO SEM OS TEUS;
VOLTE NA TELA DO TEMPO, SEM ESQUECER-TE DE MIM: A VIDA!!!
POIS, SOU TEU POETA, A ESCRITA DO MUNDO - SOU DEUS!

*****************************

' LAMENTO INDÍGENA '

O CHÃO SOBRE OS MEUS PÉS,
É MEU;
QUEM CHEGOU AQUI PRIMEIRO,
FUI EU;
NOSSA VIDA HOJE É GUERRA,
ELES DEMARCAM A TERRA,
DO MUNDO QUE JÁ FOI MEU.

SOMOS TUPI-GUARANI,
DEFENDENDO OS ANCESTRAIS,
SOMOS RAÇA DO BRASIL,
DEZENOVE DE ABRIL ?
NÓS QUEREMOS MUITO MAIS.

SALVEM,
NOSSA GENTE; O QUE RESTOU ?
DA GANANCIA POR MINÉRIOS,
DO BANDO MINERADOR;
SALVEM,
NOSSAS TRIBOS E OS ANIMAIS,
SALVEM NOSSOS MANANCIAIS,
ONDE A VIDA COMEÇOU.

FOMOS TANTOS, HOJE TÃO POUCOS,
ESSE MUNDO FICOU LOUCO,
ESTA FALTANDO MUITO AMOR !

MIGUELZINHO DA VILA
E-MAIL: mrubio@uol.com.br


*****************************

REI E RAINHA

OLHE BEM PARA ESSA ESTRADA EM SUA RETINA,
SIGA EM FRENTE, POIS ELA É A NOSSA RUA,
VEJA NO HORIZONTE ! O SOL SE DEITA E FAZ O CLIMA,
COM OS SEUS RAIOS, APAIXONADO BEIJA A LUA.

DESFILA ENTRE AS FLORES, VIGIA DOS TEUS PASSOS.
EMBRIAGA COM O TEU PERFUME, O COLO DA MADRUGADA,
QUANDO O SOL ACORDAR, VOCE ESTARÁS EM MEUS BRAÇOS.
EU COM CIUME DO ORVALHO, AO TE SENTIR TODA MOLHADA.

SOLTE O TEU GRITO, ANUNCIANDO A TUA CHEGADA,
ME DEIXA SONHAR, QUE VOCE É SOMENTE MINHA,
COLE O TEU CORPO AO MEU, NÃO DIGA NADA,
NESSE REINADO DE AMOR, EU E VOCE. REI E RAINHA!

Autoria de MIGUELZINHO DA VILA
Agradeço de corção - muy Gracias

biografia:
Miguel Rubio Miguelzinho da Vila
MIGUEL RUBIO, BRASILEIRO, CASADO, DATA DE NASCIMENTO: 27/05/1934 NA CIDADE DE MANGARATU - COMARCA DA CIDADE DE NOVA GRANADA; PAI DE UMA FILHA: MARTA RUBIO, ESPOSA: MARIA DE LOURDES CAPOBIANCO.
FOI TRABALHADOR RURAL NA REGIÃO DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO ATÉ SEUS 13 ANOS, VINDO PARA SÃO PAULO CAPITAL EM 1947.
DESDE OS 8 ANOS DE IDADE, COMEÇOU A GOSTAR DE POESIAS, SENDO UM AGUERRIDO DEFENSOR DOS INJUSTIÇADOS, SEJAM ELES DE QUALQUER COR OU RAÇA.
VITÓRIAS EM DISPUTA DE MÚSICAS OU FESTIVAIS:
- SEGUNDO CONCURSO OFICIAL DE SAMBA DE SÃO PAULO, PROMOVIDO PELA PREFEITURA DA CAPITAL EM 5 DE SETEMBRO DE 1981, COM O SAMBA CUJO TÍTULO É: ' AONDE ESTÁ A LIBERDADE ' - LOCAL: PARQUE ANHEMBI, CONCORRENDO COM OUTRAS 42 ESCOLAS DE SAMBA, SENDO O VENCEDOR.
- EM 1982, NA ESCOLA DE SAMBA ' IMPERATRIZ DA PAULICÉIA ', VENCEDOR COM O SAMBA TITILO: 'NATUREZA '.
EM 1984, NA ESCOLA DE SAMBA: ' FLOR DA VILA DALILA ' VENCEDOR COM O SAMBA TITULO: ' BRASIL MARAVILHOSA MISTURA DE RAÇAS '.
- EM 1987 NA ESCOLA DE SAMBA ' NENE DE VILA
MATILDE ' VENCEDOR COM O SAMBA TÍTULO:
' PERNAMBUCO LEÃO DO NORTE '.

OBS.: TODOS OS SAMBAS DESCRITOS ACIMA, DESFILARAM NOS CARNAVAIS DOS RESPECTIVOS ANOS, NO SAMBODROMO DO ANHEMBI.
 
Autor
Tânia Mara Camargo
 
Texto
Data
Leituras
874
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.