https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Leves são as almas

 
Tags:  Haiti  
 
Por muito que a terra gema
não se consegue calar o poema
em gritos desorientados pela aflição.

Doem-me os dedos pelas palavras tristes,
doem-me os olhos pelo sangue que escorre.

Desespera-se por um tempo vagabundo
onde o caminho se instala em cada olhar.

Carrega-se a vida dorida nas lágrimas
que assentam pesadas nos ombros
dos que ficaram.

Entorna-se assim o mar imenso em cada onda
de morte … como um pesadelo.

Leves são as almas que chegam ao céu, sem asas

…porque não houve tempo.




 
Autor
Tália
Autor
 
Texto
Data
Leituras
772
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
19 pontos
3
0
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Liliana Jardim
Publicado: 21/01/2010 17:55  Atualizado: 21/01/2010 17:55
Luso de Ouro
Usuário desde: 08/10/2007
Localidade: Caniço-Madeira
Mensagens: 4528
 Re: Leves são as almas
Para as desgraças não é preciso tempo, elas aparecem simplesmente...

Saudades de te ler poetisa

Jinhos
Tudo de bom para ti
Aquele abraço

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 22/01/2010 04:22  Atualizado: 22/01/2010 04:22
 Re: Leves são as almas
Tudo acaba num momento... um momento apenas! Vidas destruídas em segundos. O que somos nós? A natureza é soberana e está revoltada.

Um poema que dói nos gemidos de todas a vitimas

Beijo azul

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 14/02/2010 14:37  Atualizado: 14/02/2010 14:37
 Re: Leves são as almas para Poetisa Maravilhosa
Anda tão zangada com o Homem a imensa mãe Natureza...
Só temos feito merda e aqui e ali pagamos o preço duma factura que cada vez vai sendo mais alta...
Tenho escrito um texto sobre esta catástrofe que ainda não consegui publicar, porque me é doloroso e penoso o assunto.
A tua abordagem é leve como as almas que descreves e bela apesar da dor
Um abraço