https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Dedicatória : 

Tudo ou nada

 
Tags:  poesia    entrega    gratidÃo  
 
Quando te entregares
nunca te dês pela metade...

Open in new window

Quem te espera
aguarda o corpo e a alma,
o espírito livre
e a carne doída,
o olhar irrequieto
e as mãos trémulas,
o silêncio estridente
e as palavras significantes!

Quem te aguarda
saberá da saudade
e do medo,
da insanidade
e do destemor,
da sabedoria chão
e da loucura amor!

Metade de ti
será a desilusão
ou a perda,
o cadafalso
ou o desterro,
a morte anunciada
quando a Primavera
brota das labaredas
dos gritos que lanças!

De ti,
ou tudo,
ou nada!

PC

PS: Com Fogo se escreve(m) a(s) Rosa(s) que bordejam os caminhos da vida de todos os dias!


Escrever é uma forma de estar vivo!
Paulo César

 
Autor
PauloCésar
 
Texto
Data
Leituras
1440
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
10 pontos
2
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
rosafogo
Publicado: 28/02/2010 16:29  Atualizado: 28/02/2010 16:29
Colaborador
Usuário desde: 28/07/2009
Localidade:
Mensagens: 9599
 Re: Tudo ou nada
Que pretenciosa me julgo, mas até parece que este
poema também foi escrito para mim. Deparo com uma
rosa em fogo e com um poema maravilhoso e de repente me vejo como fazendo parte dele.

É lindo como tudo o que escreves, me orgulha ter
te como amigo, e seres um Poeta da minha terra.
Um Poeta com uma alma grandiosa e uma escrita
maravilhosa.

Meu grande abraço
rosa