https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Introspecção : 

Vida simples

 
Tags:  bons tempos  
 
A alegria almejada
Sempre esteve à minha volta
Meu pai descansava a enxada
E mãe descascava abóboras
Doce à espera sobre a mesa
Para nós algo tão nobre
Café passado na hora
No alvo coador de pano
Exalava o fino aroma
Da paz guardando oceanos
A noite vigiava estrelas
Dormir cedo sobre o manto
Da simplicidade, ah
Esse arrabalde do encanto!

 
Autor
Massari
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1274
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
40 pontos
24
0
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Henricabilio
Publicado: 12/03/2010 19:55  Atualizado: 12/03/2010 19:55
Colaborador
Usuário desde: 02/04/2009
Localidade: Caldas da Rainha - Portugal
Mensagens: 6963
 Re: Vida simples
Nas coisas simples da vida existem as maiores virtudes...
... o o flash de um Paraíso desbaratado.

Um abraçooo!

Abílio


Enviado por Tópico
ROMMA
Publicado: 12/03/2010 20:09  Atualizado: 12/03/2010 20:09
Colaborador
Usuário desde: 29/10/2008
Localidade:
Mensagens: 2462
 Re: Vida simples
simples ter vida simples
o doce de abóbora
o café passado na hora
hummm delicioso
beijo
Romma


Enviado por Tópico
AnaCoelho
Publicado: 12/03/2010 20:25  Atualizado: 12/03/2010 20:25
Colaborador
Usuário desde: 09/05/2008
Localidade: Carregado-Alenquer
Mensagens: 12083
 Re: Vida simples
Simplicidades que são muito na vida e nas recordações.

Beijos


Enviado por Tópico
luciusantonius
Publicado: 12/03/2010 21:50  Atualizado: 12/03/2010 21:50
Colaborador
Usuário desde: 01/09/2008
Localidade:
Mensagens: 670
 Re: Vida simples
Pelo menos neste Ocidente Europeu, não se vêem indícios de regresso à vida simples. Considera-se tacanhez, coisas do passado primitivo. O problema é que o homem de agora não conhece as estrelas, nem sabe que elas existem. Não conhece o sabor da noite cerrada, nem por ventura da esplendorosa lua cheia. Interrogo-me muito sobre estas questões, sobre o futuro.
Este poema além de bem construído levanta questões sérias acerca do que seja a felicidade.
O meu fraterno abraço
Antonius


Enviado por Tópico
eduardas
Publicado: 12/03/2010 21:54  Atualizado: 12/03/2010 21:54
Colaborador
Usuário desde: 19/10/2008
Localidade: Lisboa
Mensagens: 3731
 Re: Vida simples p/Massari
E custa tão pouco ser-se feliz!

bj
Eduarda


Enviado por Tópico
arfemo
Publicado: 12/03/2010 21:55  Atualizado: 12/03/2010 21:55
Colaborador
Usuário desde: 19/04/2009
Localidade:
Mensagens: 4812
 Re: Vida simples
que nos fizeram Mário para que este canto franciscano nos faça doer tanto? que fizeram dos nossos sonhos os zangões?

obrigado por partilhares.

abraço
arfemo


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 13/03/2010 00:17  Atualizado: 13/03/2010 00:17
 Re: Vida simples
Do coador de pano, da fogão de lenha, da água tirada no poço... viajei em memórias de encantamentos, bjus




Enviado por Tópico
laroche_l
Publicado: 13/03/2010 00:23  Atualizado: 13/03/2010 00:23
Colaborador
Usuário desde: 26/02/2010
Localidade:
Mensagens: 706
 Re: Vida simples
Muito belo, a simplicidade encanta-me.


Enviado por Tópico
Vania Lopez
Publicado: 13/03/2010 01:10  Atualizado: 13/03/2010 01:10
Colaborador
Usuário desde: 25/01/2009
Localidade: Pouso Alegre - MG
Mensagens: 17658
 Re: Vida simples
Me fez voltar para o quintal de terra da minha avó.
Que encanto de poema. Parabéns! bj


Enviado por Tópico
Conceição Bernardino
Publicado: 13/03/2010 01:17  Atualizado: 13/03/2010 01:17
Colaborador
Usuário desde: 22/08/2009
Localidade: Porto
Mensagens: 3332
 Re: Vida simples
que saudades desse café, do tempo em que se usava o coador de pano.

belo
beijo


Enviado por Tópico
ÔNIX
Publicado: 15/03/2010 15:57  Atualizado: 15/03/2010 15:57
Colaborador
Usuário desde: 08/09/2009
Localidade: Lisboa
Mensagens: 2695
 Re: Vida simples
Na simplicidade que é viver assim, com essa intensidade (uma força que todas as coisas simples têm), e o dom de poder estar em paz, nesse mundo só nosso

Um poema que diz muito desse mundo de que falo e que reside em ti

Um gosto ler-te


Beijos


Matilde D'ônix


PS: Parabéns pelos teus livros