https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

7,A Gaveta da Pedra

 


Aglutinemos nossas almas, talvez possamos dar um pouco de alegria à nossa infindável tristeza.

Pergunto,
De onde vem esse teu medo
Que me maltrata e manipula

Algoz!
Não me apanhas assim tão facilmente

Marioneta de fogo e cinza
E os cavalos que nos calcaram fogem

Pois não teriam estas ruas vazias
Outro significado

Os corpos de lama
São facilmente modelados
São nossos corpos
Na vala esquecidos
Maltratados

E o tempo
Passa agora devagar
Montando o unicórnio de cor prata
E num gesto sibilar
Afasta o corpo da alma
Numa dor que sodomiza
Numa dor que quase,
Quase me mata

Magoa-me ver-te assim
Tão triste tão incompleta tão só

Porque não choras um pouco
Porque não choras um pouco
 
Autor
Caopoeta
Autor
 
Texto
Data
Leituras
498
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
8 pontos
0
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.