https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

Amor de plástico reciclável

 
Tags:  palavras ocas  
 
Amo teus cabelos de todas as cores,
Tantas quanto as dos teus olhos,
Se tantos pode assim haver.

Teu cheiro múltiplo enche-me
De infinitos variados,
Celestiais pensamentos do mundo
Vasto como é.

É quase tão grande este amor,
Como a dimensão que é tua,
Tão grande como nada.

Este poema quer-se curto
Como a essência que tem:
É de plástico e calha a todos
Sem calhar a ninguém.

 
Autor
AntonioCarvalho
 
Texto
Data
Leituras
1048
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
4
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Alexis
Publicado: 22/07/2010 19:19  Atualizado: 22/07/2010 20:11
Colaborador
Usuário desde: 29/10/2008
Localidade: guimarães
Mensagens: 7254
 Re: Amor de plástico reciclável para antóniocarvalho
a ironia inteligente de uns olhos atentos e nada banais.
o plástico, apesar de impróprio para consumo,parece ter muita saída nos dias que correm.rs.

beijo,antonio

alex


Enviado por Tópico
Amora
Publicado: 23/07/2010 01:34  Atualizado: 23/07/2010 01:34
Colaborador
Usuário desde: 08/02/2008
Localidade: Brasil
Mensagens: 4763
 Re: Amor de plástico reciclável
Pois eu achei maravilhoso o poema, adorável, pena o plástico.

Um beijo.