https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Escuridão e Luz... Dueto

 
Na escuridão de minh'alma

habita meu lado sombrio

Aquele que escondo,

que aprisiono a sete chaves

e na calada da noite me invade

Ele chega arrastando seu peso, seu penar

Correntes de bronze em seus pés atados

Ele habita na noite escura,

no vazio da solidão,

tirando-me o sono e a paz

Esse Sete que me persegue

Sete cores

Sete Mares

Sete Notas

em que me tocas...

como um brilho escuro

de veludo negro

toque suave...

de uma armadilha

teu segredo...

Segredo que não se pode revelar,

mas as sete chaves resguardar

A escuridão tem seus encantos

É nosso refúgio para a dor,

sem máscaras, sem sonhos

A realidade sem retoques

Sem o brilho das cores

Somente nós, dentro e no fundo

de nós mesmos

entregues às solidão que assombra

libertação de nós próprios

na fina linha

que nos separa

da profunda dor nocturna

e do fogo de artifício

de tua respiração aprisionada

no horizonte de meu dia

que morreu na praia cinzenta

Linha tênue

Dois opostos que se atraem

Escuridão e luz

Na escuridão a dor vivida em sua intensidade

Na luz a esperança de um melhor porvir

Perder-se nessa prisão que oprime

Não, não é a solução

Venha comigo, me dê sua mão

Vamos juntos em busca da Luz

Não tenha medo, guardemos nossos segredos

Onde apenas me rendo

a teu murmúrio sem limites

em que sou guloso de serenidade

ansioso da simbiose das mãos

sente esse suor ansioso

voa através de intenso fumo

sopra e vê-me sem sombra

tens mesmo a certeza

que contemplas algo perigoso...

A sombra não me assusta

Pois sei a luz buscar, quando necessário for

Só vivendo nossa sombra ,sem medo

Podemos encontrar nossa verdadeira luz

A serenidade das mãos

te aplacará o medo da solidão

Confie em mim, venha ...

Sei o caminho para sair das trevas

e não te deixarei só a luz do sol

Apenas necessito de um dolmen

para o velho corpo descansar

venenos transpirar...

de outrora reconditos instintos

que agora me dizem

que os negros famintos

são apenas aqueles

que em teus olhos brilham...




Ianê Mello / JC Patrão

 
Autor
ARCO-ÍRIS_NEGRO
 
Texto
Data
Leituras
571
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.