https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Vítima Quotidiana

 
Já fui íntimo da floresta...

Criei-lhe expectativas

para lá duma segunda oportunidade...

Criei mitos...

Desmistifiquei vibrações...

Desenhei sonhos de infância...

Brinquei comigo...

Era a ti que tocava...

Com um coração feito de água...

Atravessado pela chuva

num mundo desprotegido...

Transformei o Tempo

em artefactos

criados por mim....

Cheguei à conclusão

que fui apenas

mais uma vítima quotidiana

deste mundo apático…

JC Patrão

 
Autor
ARCO-ÍRIS_NEGRO
 
Texto
Data
Leituras
465
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
10 pontos
0
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.