https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Desilusão : 

ESTRELA DISSABOR

 
 


Estrela mentirosa!
Me enganaste
nas promessas de outrora.
Sai de minhas vistas
que esperta eu fiquei
e não mais acredito
nos sonhos que contigo delirei.

Os faróis dos carros
tendem a me alertar
que a Estrela que vejo,
morta, já está em algum perdido lugar.

Apreciar a Estrela
que cintila no céu
é contemplar um Eterno Amor
morto em um nefasto bordel.

 
Autor
dellacoelho
 
Texto
Data
Leituras
1146
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
4
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
apegaua
Publicado: 02/08/2010 21:57  Atualizado: 02/08/2010 21:57
Da casa!
Usuário desde: 27/07/2010
Localidade: Bresil.
Mensagens: 310
 Re: ESTRELA DISSABOR
Nossa coitada da estrela, calma menina que o amor tarda mas não falha...
Risosssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss.
A poesia e seus nuanses.
Beijos.
Apegaua,,,

Enviado por Tópico
Hisalena
Publicado: 02/08/2010 22:06  Atualizado: 02/08/2010 22:06
Colaborador
Usuário desde: 30/09/2007
Localidade: Leiria
Mensagens: 761
 Re: ESTRELA DISSABOR
Um poema sentido, com mágoa, com dor...com tristeza e até com uma certa saudade.
Por certo outra estrela voltaráa brilhar.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 02/08/2010 22:24  Atualizado: 02/08/2010 22:24
 Re: ESTRELA DISSABOR
Existira sempre uma estrela que brilhará para ti.

Um poema onde a magoa esta muito bem vincada!


Beijo azul

Enviado por Tópico
agniceu
Publicado: 02/08/2010 23:04  Atualizado: 02/08/2010 23:06
Da casa!
Usuário desde: 08/07/2010
Localidade:
Mensagens: 318
 Re: ESTRELA DISSABOR
Que poesia sonante…!

Existem estrelas que se gastam, no seu primeiro respirar…
…depois passam vida a nos pedir, respiração boca a boca, sugando o nosso próprio ar.

Mas no seu caso, essa estrela traz lhe raiva e saudade, sinal que ainda suspira dentro de si…


Um abraço querida poetisa, e de fraude não têm nada, faz como ninguém, da palavra uma amiga…