https://www.poetris.com/
Sonetos : 

Soneto 1 - 2020

 
 
Suplico ao Lácio que esta angústia

consiga a pena eternizá-la,

purificando o vurmo que a exala,

volvendo à cura infeliz moléstia.



Senhor Tempo caminha sem modéstia,

falseando que a brandura a embala

a esconder a sombra que a apunhá-la,

escurecendo os raios de uma réstia.



Resta então clamar à Luz Divina

que a banhe nas águas cristalinas

livrando-a enfim de cruel tormento.



Peço ainda, nos dias maus, a esta menina

FÉ... em sua tênue vida peregrina

até que seu suar se esvaia com o vento.



Della Coelho

 
Autor
dellacoelho
 
Texto
Data
Leituras
114
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.