https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Meu Anjo Negro

 
Não precisamos fazer milagres,
E nem vamos assumir todos os pecados.
Falar vinhos que se transformaram em vinagres
E do futuro, que no minuto seguinte virou passado...
~
Talvez vamos falar do botão que virou flor
E dos pássaros que sutilmente pairam no ar
Ou do significado da palavra AMOR
Ou apenas de nossa capacidade de AMAR...
~
Vamos falar desta sua boca, entre a púrpura cor,
E de você, minha negra luz divina...
Um espectro da redenção de um pecador,
Magia que vem de dentro, de teu olhar de menina...
~
Não vamos discutir o milagre do amor,
E nem o preto e branco, a mistura das raças!
Pois quem ama ao invisível não vê cor,
E do amor faz fogo, nunca fará fumaça...
~
Meu Anjo Negro, eu te amo pecaminosamente,
E o pecado, é apenas um acidente de Deus!
Então me tenha cuidadosamente,
Aos teus braços, os meus pecados são meus...
~
Amo-te como num milagre que faz nascer o dia,
Como a chuva que banha solidária a plantação!
Amo-te como as músicas e suaves melodias
Como Jesus, e o milagre da multiplicação...
~
Não, sei que não precisamos falar em milagres,
E nem procurar neste amor alguma redenção!
Talvez apenas ver o amor que entre nós interage,
Sendo este amor, a minha maior ambição...
~
Eu te amo meu Anjo Negro de flor e poesia,
Em cada beijo, em cada desejo não mencionado!
Amo-te, no amanhecer a cada dia,
Amo-te, meu eterno ser sagrado...

 
Autor
marco_ramos
 
Texto
Data
Leituras
5018
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Paloma Stella
Publicado: 17/08/2007 12:04  Atualizado: 17/08/2007 12:04
Colaborador
Usuário desde: 23/07/2006
Localidade: Barueri - SP
Mensagens: 3514
 Re: Meu Anjo Negro
Um Anjo,
Que aparenta ser belo,
Com uma forma diferente de ser,
E ser como quer ser.
Assim um Anjom negro e forte,
Com sabedoria,
Que seguimos juntos à ele,
E ficamos de frente com a morte.


Beijinhos