https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Chora, minh'alma, chora...

 
Chora, minh'alma, chora...
 

CHORA, MINH'ALMA, CHORA...

Chora, minh'alma, chora,
Chora baixinho...
Não vão as lágrimas
Cair de leve no meu menino...

Chora, minh'alma, chora,
Bem de mansinho..
Molha as raízes,
Mas poupa as flores do meu carinho...

Chora, minh'alma, chora,
Chora escondida...
Fecha essa porta,
Calça os sapatos só à saida...

Chora, minh'alma,
Voa pra longe,
Que no meu colo
Dorme inocente o meu menino...

Chora baixinho...
Não vá o pranto
Que tu carregas
Verter-se em peso no seu bercinho...

...E ele ainda é tão pequenino!


Teresa Teixeira


(republicado)
 
Autor
Sterea
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1105
Favoritos
4
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
40 pontos
8
0
4
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 21/09/2010 11:40  Atualizado: 21/09/2010 11:40
 Re: Chora, minh'alma, chora...
Ola Sterea

Não posso deixar de amar as palavras escorridas do teu olhar.

Têm o perfume dos orvalhos da pradaria coberta pelo azul do céu na leveza das nuvens.

Doçura sofrida baloiçando na Alma.

Beijo azul

Enviado por Tópico
AnaMartins
Publicado: 21/09/2010 12:01  Atualizado: 21/09/2010 12:01
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2009
Localidade: Porto
Mensagens: 2221
 Re: Chora, minh'alma, chora...
Mommy, fizeste-me ir "desenterrar" este de há muitos meses atrás, porque temos sempre ceder às tentações da capitulação!


Chora! Chora tudo o que queres!
Solta a nascente dos teus olhos
Deixa que as lágrimas quentes
Sarem as feridas
Que te ardem ainda.
Deixa que o rio siga o seu curso
No horizonte do que já foi.
Deixa que a corrente
Lave as mágoas
Da tristeza que não passará.
Deixa que o leito te acolha
Em sorrisos de ternura,
E afagos de esperança.
O tempo não to disse mas…
As lágrimas salgadas pela dor,
Adoçam com as recordações.

Quando for grande quero ser como tu, assim me faça eu tão grandiosa e forte.

Beijos meus e um beijinho "panda Taotao". rsss



Enviado por Tópico
ÔNIX
Publicado: 21/09/2010 12:27  Atualizado: 21/09/2010 12:35
Colaborador
Usuário desde: 08/09/2009
Localidade: Lisboa
Mensagens: 2695
 Re: Chora, minh'alma, chora...
Há poemas que inspiram tantas outras palavras, que se limitam a correr ao sabor da corrente que as guia.
Já outros inspiram um silêncio apaziguador e reconfortante da alma

belo, sterea

Obrigada por me dares a ler hoje este poema.


Dolores Marques

Enviado por Tópico
Avozita
Publicado: 21/09/2010 12:50  Atualizado: 21/09/2010 12:50
Colaborador
Usuário desde: 08/07/2009
Localidade: Casal de Cambra - Lisboa
Mensagens: 4531
 Re: Chora, minh'alma, chora...
Obrigada Sterea, pela partilha
deste poema.
Senti-o como meu.
Comovi-me acredite.
Beijinhos
Antonieta

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 21/09/2010 14:14  Atualizado: 21/09/2010 14:14
 Re: Chora, minh'alma, chora...
Esta é uma das páginas onde venho lavar a alma e aprender. Com a sua poesia de excelência, Sterea, e também com os comentários sábios e poéticos que tenho oportunidade de usufruir. O meu é modesto, mas não posso passar sem deixar aqui o meu registo e um bejo de gratidão pelo tanto que me tem proporcionado.
A minha admiração, sempre.

Maria

Enviado por Tópico
rosafogo
Publicado: 21/09/2010 17:57  Atualizado: 21/09/2010 17:57
Colaborador
Usuário desde: 28/07/2009
Localidade:
Mensagens: 9599
 Re: Chora, minh'alma, chora...
Tão lindo que me fez lembrar João de Deus, aquela ternura que sempre encontrava e que me deliciava nos antigos livros da minha primária.

Beijinho amiga.