https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

LOCAIS E LATITUDES

 
Tags:  pensamentos    terra  
 
Open in new window


LOCAIS E LATITUDES

O frio milenar dos chãos nos pólos
O calor aerado dos trópicos
Insetos que permeiam os solos
Lágrimas claras a molharem colos...

O sol a pino a perfurar a mata
A chuva aguda ao regar das ruas
A lua e seus refletidos de prata
As caídas damas das noites nuas...

Tantos tentam inglórios alterar
Os retos destinos inevitáveis
Dos andares das carruagens
Mas a humanidade os ignora...

Nada, em verdade, neles reage
E tudo age por mãos de ávaros
Seguindo um minucioso plano
Traçado desde os povos bárbaros...

O amores não correspondidos
Os pobres carentes de rotas
Os ranhosos meninos perdidos
Os engraçados nas anedotas...

Choram como almas que brincam,
Amam ou odeiam ao relento...
Só crianças cantam em cirandas
Replicando o bom fluir do tempo...

Relógio de vento a um só lugar
Rodas-vivas de vidas que giram
Entre férteis terras e agitados mares
Desertos quentes e inquietos bulevares...

Não, não são os locais, nem as latitudes!
É o homem e sua retorta interpretação
De que ele mesmo não pertence à esta natureza!
Ele é o todo de tudo que aparenta não ter solução


Gê Muniz

 
Autor
GeMuniz
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1051
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
22 pontos
14
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
anakosby
Publicado: 23/09/2010 16:43  Atualizado: 23/09/2010 16:43
Colaborador
Usuário desde: 12/04/2010
Localidade: Torres
Mensagens: 1739
 Re: LOCAIS E LATITUDES
Clap, clap, clap!

Sem mais palavras.

BEIJO.
LEVO!


Enviado por Tópico
Avozita
Publicado: 23/09/2010 16:58  Atualizado: 23/09/2010 16:58
Colaborador
Usuário desde: 08/07/2009
Localidade: Casal de Cambra - Lisboa
Mensagens: 4531
 Re: LOCAIS E LATITUDES
A ultima quadra define o poema.

Gosto da tua forma de escrita,
do modo como dás a volta às palavras.

Beijinhos amigo
Antonieta


Enviado por Tópico
carolcarolina
Publicado: 23/09/2010 19:42  Atualizado: 23/09/2010 19:42
Colaborador
Usuário desde: 24/01/2010
Localidade: RS/Brasil
Mensagens: 9297
 Re: LOCAIS E LATITUDES
Poeta Gê!

Poema lindo poeta!
Só as crianças cantam na sua inocência.
Será que não temos mais remédio poeta?

Bjo no coração
♫Carol


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 24/09/2010 22:16  Atualizado: 24/09/2010 22:16
 Re: LOCAIS E LATITUDES
Não, não são os locais, nem as latitudes!
É o homem e sua retorta interpretação
De que ele mesmo não pertence à esta natureza!
Ele é o todo de tudo que aparenta não ter solução


PERFEITO... adorei Gê, parabéns, tão sentido... Beijos poeta.


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 25/09/2010 04:28  Atualizado: 25/09/2010 04:28
 Re: LOCAIS E LATITUDES
Começando a conhecer melhor tua linha poética Muniz.
Gostei da mensagem do cotidiano comportamental da humanidade. A dificil interpretação até de si mesmo.

Abraço poético

Rosangela


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 25/09/2010 14:14  Atualizado: 25/09/2010 14:14
 Re: LOCAIS E LATITUDES
OLá, amigo GÊ! Hoje você filosofou!!! Gostei muito desse texto, pois vieste dissertando verdades ao longo dele e com discernimento. É um fato, o homem costuma criar analogias e culpar a tudo e a todos pelas suas faltas e frustrações...Teu poema nos leva à reflexão. Parabéns!!!!!

beijos e um ótimo final de semana!

ps: essa imagem acho que é uma tela do Dali, mas tenho dúvidas, é muito bela...


Enviado por Tópico
Nanda
Publicado: 26/09/2010 15:49  Atualizado: 26/09/2010 15:49
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2007
Localidade: Setúbal
Mensagens: 11165
 Re: LOCAIS E LATITUDES
Ge,
O homem na sua cegueira trabalhando para a devastação do planeta, como se ele próprio não fosse parte da natureza.
Mil aplausos!
Bj
Nanda