https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

Chego a mim para chegar a ti

 




Chego a mim. Vírus aberto em módulos,
encaixe que se fixa na parede derrubada.
- Quanta farpa na carne indiscreta.
.
Chego a mim. Segundo atento,
gesto ferido que transborda sensação.
- Frágil norma de aviso prévio sucumbido.
.
Chego a mim. Alerta de brilhantes,
corrosivos séculos de azul profundo.
- Querer arte nova e tinta residual.
.
Chego a mim. Grama rainha de encanto,
frágil ponte, análoga sombra descritiva.
- Compilam-se revés à importância amorosa.
.
Chego a mim. Escura trégua que não vai.
Ferrugem em pensamento que te chama.
- Clorofórmio do meu eterno desejo.



rainbowsky

 
Autor
rainbowsky
 
Texto
Data
Leituras
766
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
apsferreira
Publicado: 08/10/2010 20:50  Atualizado: 08/10/2010 20:50
Colaborador
Usuário desde: 27/12/2009
Localidade: Ponta Delgada - Açôres - Portugal
Mensagens: 1614
 Re: Chego a mim para chegar a ti
Gostei do texto.
Parabéns,

Enviado por Tópico
Nanda
Publicado: 08/10/2010 21:33  Atualizado: 08/10/2010 21:33
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2007
Localidade: Setúbal
Mensagens: 11186
 Re: Chego a mim para chegar a ti
Rainbwsky,
Ainda bem que chegou a mim este teu belo poema.
Bj
nanda