https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Saudade : 

A tua ausência

 
Tenho a minha vida do avesso,
Não sei quem sou e até esqueço
A minha própria identidade.
A tua ausência tanto magoa,
Mas a vida não perdoa
E segue à mesma velocidade.

Talvez me tenhas esquecido,
Ou te sintas tão perdido,
Que não sabes onde estou.
Mas basta uma palavra tua,
Uma oração à lua,
E ao teu encontro eu vou.
 
Autor
Vera Sousa
 
Texto
Data
Leituras
5823
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
18 pontos
18
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
ângelaLugo
Publicado: 22/08/2007 00:56  Atualizado: 22/08/2007 00:56
Colaborador
Usuário desde: 04/09/2006
Localidade: São Paulo - Brasil
Mensagens: 14956
 Re: A tua ausência p/ Vera Silva
Querida Verinha

Ah! Saudade que nos mata aos
pouquinhos quando não temos
de volta nossos carinhos...
Lindo como sempre

beijinhos iluminados

Enviado por Tópico
Manuela Fonseca
Publicado: 22/08/2007 01:01  Atualizado: 22/08/2007 01:01
Colaborador
Usuário desde: 13/06/2007
Localidade: Lisboa
Mensagens: 885
 Re: A tua ausência
Lindo poema de saudade!!

Adorei o teu modo suave...

Jinhossssss

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 22/08/2007 01:43  Atualizado: 22/08/2007 01:43
 Re: A tua ausência
Num tema de ausência do bem amado, a poesia soou muito bem e quando Vera Silva pega a pena para escrever somente sai coisas belas e de conteúdo.
Seu talento é inato, sempre a escrever muitissimo bem. Parabéns por esta obra, bem musical também.
Beijos e saudações.

"Eu te direi as Grandes Palavras"
Godi.

Enviado por Tópico
Ramgad
Publicado: 22/08/2007 02:17  Atualizado: 22/08/2007 02:17
Colaborador
Usuário desde: 13/04/2007
Localidade:
Mensagens: 944
 Re: A tua ausência
Maravilhoso Vera. Saudade é uma dor que machuca demais e espero que estas palavras venham rápido até você...
Bjks
Ramgad/Minnie Sevla

Enviado por Tópico
Le Tab
Publicado: 22/08/2007 11:14  Atualizado: 22/08/2007 11:14
Membro de honra
Usuário desde: 02/02/2007
Localidade: Lisboa
Mensagens: 1460
 Re: A tua ausência
Não esperes mais pois cheguei, posso ter estado ausente mas voltei, agora estou aqui, não me ausentarei mais e farei de ti a pessoa mais feliz. Ausencia pode ter sido penosa para ti, mas eu agora não me ausentarei mais, pois percebi que te fazia falta, perdoa-me se fores capaz. Bjs, gostei mt msm muito deste texto. Fez me lembrar alguns que fiz, estas melhor que nunca, continua.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 22/08/2007 13:04  Atualizado: 22/08/2007 13:04
 Re: A tua ausência
Vera, tenho a certeza que se disseres este poema em noite de lua cheia, chegará quem tu esperas, porque estas palavras de tão belas, trazem-te dentro delas.

Enviado por Tópico
Antonio Ayrton
Publicado: 22/08/2007 16:33  Atualizado: 22/08/2007 16:33
Participativo
Usuário desde: 17/08/2007
Localidade: São Paulo
Mensagens: 47
 Re: A tua ausência
Lindo Vera
As vezes viramos do avesso
e basta uma só palavra para
que o passado vire espelho.

Saudade eu sempre disse ela não doi ela faz nascer um sentimento de dor, uma ausência sentida
é amor, e o querer é o nosso próprio desejo de ter
pois somos humanos.
Gostei mesmo do poema.
Beijos no coração

Enviado por Tópico
Tália
Publicado: 22/08/2007 22:00  Atualizado: 22/08/2007 22:00
Colaborador
Usuário desde: 18/09/2006
Localidade: Lisboa
Mensagens: 2503
 Re: A tua ausência
Amiga
A saudade também se mata... ou se mata

Beijos

Tália

Enviado por Tópico
Tytta
Publicado: 23/08/2007 22:06  Atualizado: 23/08/2007 22:06
Colaborador
Usuário desde: 22/02/2007
Localidade: Portugal
Mensagens: 790
 Re: A tua ausência
Querida Vera,
a ausência dói, cansa e pode até matar.
Vivi em tudo cada frase do teu poema.
Adorei!
Jinhos, Tytta

Enviado por Tópico
Ivaneti
Publicado: 27/08/2007 17:00  Atualizado: 27/08/2007 17:00
Da casa!
Usuário desde: 05/09/2006
Localidade:
Mensagens: 242
 Re: A tua ausência P/Vera
Ola amiga.

Que maravilha de poema, adorei.
Beijos
Net

Enviado por Tópico
Solitária
Publicado: 27/08/2007 20:31  Atualizado: 27/08/2007 20:31
Novo Membro
Usuário desde: 26/08/2007
Localidade:
Mensagens: 8
 Re: A tua ausência
Olá.
Obrigado por comentar o meu textinho que em nada se compara ás suas palavras.. Gostei muito.
Beijinhos

Enviado por Tópico
teresa
Publicado: 27/08/2007 21:33  Atualizado: 27/08/2007 21:34
Da casa!
Usuário desde: 15/08/2007
Localidade: Lisboa, Ericeira
Mensagens: 221
 Re: A tua ausência
Amiga Vera,
Um beijo de parabens pelo belo poema.

Enviado por Tópico
goretidias
Publicado: 27/08/2007 22:59  Atualizado: 27/08/2007 22:59
Colaborador
Usuário desde: 08/04/2007
Localidade: Porto
Mensagens: 1237
 Re: A tua ausência
Venha logo essa palavra!
Bjs

Enviado por Tópico
Tytta
Publicado: 04/09/2007 22:15  Atualizado: 04/09/2007 22:15
Colaborador
Usuário desde: 22/02/2007
Localidade: Portugal
Mensagens: 790
 Re: A tua ausência
Amiga Vera,
será que uma palavra conseguirá apagar o avesso que muitas outras palavras e a ausência criaram?
Espero que sim, e que a vida perdoe o que a ausência magoou.
Jinhos, Tytta

Enviado por Tópico
cleo
Publicado: 05/09/2007 14:29  Atualizado: 05/09/2007 14:29
Luso de Ouro
Usuário desde: 02/03/2007
Localidade: Queluz
Mensagens: 3857
 Re: A tua ausência
Na essência do sentimento
No vazio da ausência
Escrevem-se palavras
Que se lançam ao vento
Na esperança da renovação
E da confirmação
De um novo recomeço

Belo, minha amiga... belo!

Beijinho

Enviado por Tópico
Angela
Publicado: 07/09/2007 16:03  Atualizado: 07/09/2007 16:03
Colaborador
Usuário desde: 28/09/2006
Localidade: Caldas da Rainha
Mensagens: 567
 Re: A tua ausência
Querida amiga, adorei ler-te! Continuas a crescer e é bom acompanhar o teu percurso.

Que encantador reencontro! (apesar da tristeza do teu poema)

Um beijo enorme de quem te admira muito, do fundo do coração!

Enviado por Tópico
Adriano Saraiva
Publicado: 11/12/2007 12:47  Atualizado: 11/12/2007 12:47
Da casa!
Usuário desde: 17/05/2007
Localidade: Brasil
Mensagens: 204
 Re: A tua ausência
A saudade é um bichinho que corrói e também serve de inspiração para magníficas poesias como essa.