https://www.poetris.com/
 
Textos : 

a pequena.

 


. façam de conta que eu não estive cá .








tomada por assombro ou paz, corria. a pequena levava o rosto ao colo calçada abaixo, até ao rio. um sorriso enorme e aberto dentro da boca, à espera. nenhuns braços a abraçam, nem hoje, que morreu alguém e os sinos batem. a mãe, que não sabe, ainda, a mãe, que nunca soube, não chora. não. a pequena não tem idade de ver morrer alguém. e a pequena chora calçada abaixo até ao rio, sob a dobra do vestido uma pequena erva presa. e a água, ao fundo, os sapos na beira. a pequena tira os sapatos, depressa. os pés estão-lhe frios. e o rio chama por ela e ela vai até ao rio, a água nos olhos e nos pés, nas pernas e no colo, no rosto e no cabelo. a água. e os sinos batem e o coração bate.






 
Autor
Margarete
Autor
 
Texto
Data
Leituras
3607
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
6 pontos
6
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
VIDEIRA
Publicado: 22/10/2010 14:45  Atualizado: 22/10/2010 14:45
Colaborador
Usuário desde: 30/10/2009
Localidade: Profundo Portugal
Mensagens: 502
 Re: a pequena.
Eu passei por aqui. Faça o favor de fazer de conta que eu aqui estive. E ponha na conta que gostei.

(gosto sempre, de quem escreve com os sentidos, quero dizer)

Enviado por Tópico
Antónia Ruivo
Publicado: 22/10/2010 14:59  Atualizado: 22/10/2010 14:59
Colaborador
Usuário desde: 08/12/2008
Localidade: Vila Viçosa
Mensagens: 3906
 Re: a pequena.
E como é que isso se faz, se deixas uma aragem fresca à tua passagem, beijinhos menina de olhar intenso.

Enviado por Tópico
Moreno
Publicado: 22/10/2010 15:03  Atualizado: 22/10/2010 15:03
Colaborador
Usuário desde: 09/01/2009
Localidade:
Mensagens: 3486
 Re: a pequena. à mar
ouvir Antony e ler-te. pequeno grande momento.

um beijo

Enviado por Tópico
RoqueSilveira
Publicado: 22/10/2010 17:32  Atualizado: 22/10/2010 17:32
Colaborador
Usuário desde: 31/03/2008
Localidade: Braga
Mensagens: 8228
 Re: a pequena.
que bom voltar a ler-te. uma pequena num pequeno texto enorme de sentimentos. os sinos sempre me provocaram esse desassossego.
beijo Mar

Enviado por Tópico
Avozita
Publicado: 22/10/2010 17:36  Atualizado: 22/10/2010 17:36
Colaborador
Usuário desde: 08/07/2009
Localidade: Casal de Cambra - Lisboa
Mensagens: 4531
 Re: a pequena.
Uma menina - grande
no viver e no sentir de
uma grande - menina

Beijo
Antonieta

Enviado por Tópico
lascivo
Publicado: 23/10/2010 12:53  Atualizado: 23/10/2010 12:53
Participativo
Usuário desde: 15/10/2010
Localidade:
Mensagens: 17
 Re: a pequena.
Mar

sente-se uma angústia, no desassossego das letras. que o rio lhe caiba nos pés, à pequena.
maravilhoso, o seu texto.

LC