https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Introspecção : 

Cai o céu na escuridão

 
À noite a luz
É mais luz
Cai o céu na escuridão
E a estrela grávida
É um círculo imaginário
A perder-se nos dias
E nos momentos
Que nascem
Sem hora
Sem nora
Sem sim
E sem não

Luzes pendulares
Dourados os gestos
Meticulosas arestas
Ao encontro
De todos os desencontros
Pontos tornados vivos
Na escuridão

Súmulas de todos
Os encaixes tumulares
Ao relento
Sempre ao relento
Dos olhares
Que tombam
Nos arabescos
Registo nas palmas
Das minhas mãos

Gotículas em cascata
Fantasmas sem olhos
Corpos sem braços
Mãos sem dedos
Para escrever
Só para descrever
O cansaço
Este cansaço

E as dornas cheias
E as uvas
E o vinho
E o mosto
É rei posto
É vasto
O calafrio nos pés
Dos cantantes

Mutantes sem unhas
Sem dedos
Sem pele
E o mosto
É na boca
Ao desafio
Pelos cantos
De uma película
Que s’estranha
Tão estranha
Quanto a dor
Que se infiltra
Na minha pele

São medonhos
Os travestidos
Na escuridão
 
Autor
ÔNIX
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1051
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
22 pontos
14
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 03/12/2010 10:09  Atualizado: 03/12/2010 10:09
 Re: Cai o céu na escuridão
Ola, e na escuridao reluz a estrela da sua poesia! Beijos!


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 03/12/2010 10:36  Atualizado: 03/12/2010 10:36
 Re: Cai o céu na escuridão
Que noite metafórica,e a lua quem diria,gravida.


beijos


Enviado por Tópico
AnaCoelho
Publicado: 03/12/2010 10:41  Atualizado: 03/12/2010 10:41
Colaborador
Usuário desde: 09/05/2008
Localidade: Carregado-Alenquer
Mensagens: 11985
 Re: Cai o céu na escuridão
O escuro é o foco mais nobre da luz, é onde ela se intensifica e as estrelas vertem cadências claras no brilho do olhar. Os travestidos do escuro são os que nele se escondem e não abraçam a luz.

é sempre um prazer refletir nos teus poemas.

Beijos


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 03/12/2010 10:44  Atualizado: 03/12/2010 10:44
 Re: Cai o céu na escuridão / Õnix
Dolores, venho do outro lado, onde gravaste um nome só para a História! Mas chegado aqui,(li-te quando o poema entrou)esbarro numa poesia fantástica,contudo a escuridão assusta-me agora porque já é de dia- de noite não tenho qualquer medo dela! Quero crer que retratas "os medonhos" e destes também os sinto escuros.Dizes-me que "à noite a luz é mais luz" - acredito(te) sem hesitação.
Beijos querida poeta.


Enviado por Tópico
Massari
Publicado: 03/12/2010 17:52  Atualizado: 03/12/2010 17:58
Colaborador
Usuário desde: 07/12/2009
Localidade: Sertãozinho/SP
Mensagens: 1089
 Re: Cai o céu na escuridão
Encantador esse "lado oculto" que o poema nos revela, e se à noite a luz é mais luz, o poema é mais visível aos olhos da alma

Abrços


Enviado por Tópico
Tália
Publicado: 03/12/2010 19:58  Atualizado: 03/12/2010 19:58
Colaborador
Usuário desde: 18/09/2006
Localidade: Lisboa
Mensagens: 2503
 Re: Cai o céu na escuridão
Muito bonito este poema.

Beijinhos


Enviado por Tópico
quidam
Publicado: 03/12/2010 21:57  Atualizado: 03/12/2010 21:57
Colaborador
Usuário desde: 29/12/2006
Localidade: PORTIMÃO
Mensagens: 1438
 Re: Cai o céu na escuridão
é no escuro que encontro luz... foi neste poema que encontrei beleza...

Bjo