https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Pontos de encontro

 
Demorei tanto para chegar aí
E tu tão genuinamente Pessoa
Terna, e bela
E tu tão subtilmente Tu
Num doce sorriso
A construir novos horizontes
No meu olhar

Esquecer um mundo que ruiu
E que há sempre novas pontes
A alcançar os sonhos
Do outro lado do mundo
Onde a verdade
É feita de abraços
E poemas escritos
Com doces favos de mel

(Sentir, que me estão
A cobrir de mimos
E não conseguir ver
O AMOR
No meu lento caminhar)


Demorei tanto para te ver chegar
E chegaste assim tão leve
Tão breve na passagem
Onde o saber, é só….
Um hipotético desafio
Desafiando a vida
A escorregar no ventre
De quem tem sede
Expirando os verdes prados
Ensaiando a doce leveza
De um trago morno
Que é saber conduzir-me
Por um fio de luz
Acentuando os dias
Prontos para receber a vida
Em todas as formas únicas

(Saber-te no meu sonho distante
A reescrever novos temas
Afagos no meu corpo só
Originais formas de se saber
De um sorriso, e um poema
De uma força e uma vida cheia
De uma razão alheia
Nos vários pontos de encontro)




Este poema foi também participativo no concurso de poesia - "Um sorriso, Um Poema" da APAACDM, de Setúbal
 
Autor
ÔNIX
Autor
 
Texto
Data
Leituras
755
Favoritos
3
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
38 pontos
14
0
3
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Lenita
Publicado: 07/12/2010 14:22  Atualizado: 07/12/2010 14:22
Participativo
Usuário desde: 30/11/2010
Localidade:
Mensagens: 34
 Re: Pontos de encontro
Me encontrei no teu belo poea.


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 07/12/2010 14:50  Atualizado: 07/12/2010 14:50
 Re: Pontos de encontro
Querida Poeta Dolores,

Mais uma vez deslumbrada nestes escritos autênticos d'alma que é tão própria..que é tão Sua!


Abraço-a com todo o meu apreço
como sempre...Até Si!

Assiria


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 07/12/2010 15:02  Atualizado: 07/12/2010 15:02
 Re: Pontos de encontro
Vamos deixando adormecer o que de mais belo existe a vida. Encontrei-a aqui tão perto num único sorriso.

gostei muito do poema

Abraço

EV


Enviado por Tópico
GeMuniz
Publicado: 07/12/2010 15:11  Atualizado: 07/12/2010 15:11
Colaborador
Usuário desde: 11/08/2010
Localidade: Brasil
Mensagens: 7281
 Re: Pontos de encontro
Ponto de encontro de um belo poema logo aqui.

abç


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 08/12/2010 07:22  Atualizado: 08/12/2010 07:22
 Re: Pontos de encontro P/ Ônix
Ônix:
"Demorei tanto tempo para chegar aí"
Hoje se eu escolhesse um fato seria da cor do castanheiro ... "entre os dedos do vento" ... o tornado em Tomar que eu visionei na TV por um mero acaso me fala dum tempo - climatológico - cada vez mais ao inverso da Geografia perante a qual eu sentia a paixão e honra de a aprender com o coração aberto , mas "é trigo loiro, é alentejo, o meu país neste momento" ... será, querida poeta ? O Ary é que sabia bem das coisas que eu não sei , e em verdade te digo que já não quero mais saber ... "... que aqui ao pé do mar , vivemos a morrer"...
É isso amiga ... preparando-me para outras companhias , outros pontos d´encontro ... onde não há "pianos velhos" ...
Um Lindo Natal Para Ti E Todos Os Que Te Amam E Que Tu Amas ...
Beijo.


Enviado por Tópico
Massari
Publicado: 09/12/2010 23:47  Atualizado: 09/12/2010 23:47
Colaborador
Usuário desde: 07/12/2009
Localidade: Sertãozinho/SP
Mensagens: 1089
 Re: Pontos de encontro
Nos inusitados pontos de encontro. onde o afeto predomina, Pessoas são a certeza da genuína poesia


abraços Dolores


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 10/12/2010 11:30  Atualizado: 10/12/2010 11:30
 Re: Pontos de encontro
Que todos os encontros aconteçam assim, de sonhos e de amor e de palavras como estas.

Bj