https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Reflexão : 

AHINSA

 
Tags:  reflexão  
 
AHINSA
 
Desde as eras primitivas
a Terra se nutre da seiva que expande,
da seiva e do sangue
que expande e recria.

O sangue de todos os seres,
transfunde-o nos seres
que a vida, num ciclo incessante, lhe dá...

A Terra é algo assim,
deusa grega, inclemente,
devora, em seu dorso,
faminta, o que há.

Mas farta, no entanto,
do sangue das guerras,
farta do homem
sangrento ela está.

A Terra precisa somente da seiva
que a vida incessante lhe dá...



Sergio de Sersank
Visitem meu blog literário "Estado de Espírito"
http://sersank.blogspot.com

Do livro "Estado de Espírito", de Sersank.


(Direitos autorais registrados e protegidos por lei no Brasil)

(Proibida a reprodução sem citação de fonte e autor)
 
Autor
Sergio de Sersank
 
Texto
Data
Leituras
909
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
4
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 30/12/2010 01:28  Atualizado: 30/12/2010 01:28
 Re: AHINSA
olá.
bom poema reflexivo.
verdade. a terra precisa de pessoas
com a tua índole, pois está à mercê de quem
só vê o próprio umbigo, de quem só vê a flor d'água e acha que é tudo. enfim, acho que somos telúricos. viva nós e um abração do rehgge.


Enviado por Tópico
belarose
Publicado: 30/12/2010 02:20  Atualizado: 30/12/2010 02:20
Colaborador
Usuário desde: 28/10/2010
Localidade:
Mensagens: 9026
 Re: AHINSA
Boa noite!Refletivo seu poema,muito bonito bjs