https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Introspecção : 

Dói-me a saudade

 
Dói-me a saudade
Do tempo
Em que as minhas pernas
Eram rebentos
Os meus braços madressilva
O meu corpo formigueiro
A minha alma macia.
Dos teus olhos
A despirem-me
Em pleno dia

Dói-me a saudade
Do decote
Resguardando os seios
E a seda que os tecia.
Da saia interior de cetim
A refrescar o pulsar
Dum corpo que te pedia

Dói-me a saudade
Do tempo
Em que as letras da saudade
Eu nem sequer conhecia


Quisera eu ser poeta
Quisera eu ser pintor
Escrever telas e pintar poemas
Escrever, pintar, pintar,escrever
A humanidade com muita cor

 
Autor
adelaidemonteiro
 
Texto
Data
Leituras
985
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
26 pontos
8
1
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Conceição Bernardino
Publicado: 15/01/2011 10:05  Atualizado: 15/01/2011 10:05
Colaborador
Usuário desde: 22/08/2009
Localidade: Porto
Mensagens: 3332
 Re: Dói-me a saudade
olá Adelaide,

Dói-me a saudade...de tudo o que não tive.

Belo o teu poema retrata a juventude que muitas de nós não teve.

beijo


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 15/01/2011 12:04  Atualizado: 15/01/2011 12:04
 Re: Dói-me a saudade
E como dói a saudade, daquilo que ainda não vimos ( como cantou Renato Russo por aqui) ou daquilo que não tivemos, como lindamente diz no seu poema!
Parabéns,
Beijo!
Edilson

Enviado por Tópico
AnaCoelho
Publicado: 15/01/2011 13:34  Atualizado: 15/01/2011 13:34
Colaborador
Usuário desde: 09/05/2008
Localidade: Carregado-Alenquer
Mensagens: 12098
 Re: Dói-me a saudade
Memórias da juventude quando o tempo era uma corrida e nem tempo existia para conhecer a saudade...parabéns pelas imagens criadas

Beijos


Enviado por Tópico
Sterea
Publicado: 18/01/2011 20:17  Atualizado: 18/01/2011 20:17
Colaborador
Usuário desde: 20/05/2008
Localidade: Porto
Mensagens: 3404
 Re: Dói-me a saudade
Sabe, Adelaide, já tinha visitado esta saudade toda emoção... fiquei-me pelo encantamento e pelas minhas próprias nostalgias e nem comentei. Mas tenho que o dizer: há saudades tão doces! e nobre daquele(a) que as sabe tão bem colocar em palavras!

Beijinho!


Enviado por Tópico
BrunoTiago
Publicado: 13/01/2021 18:16  Atualizado: 13/01/2021 18:16
Participativo
Usuário desde: 19/11/2020
Localidade:
Mensagens: 45
 Re: Dói-me a saudade
Magnífico poema. Abraços poéticos!