https://www.poetris.com/
 
Acrósticos : 

Corpos Editora

 
Como que por magia,
O meu sonho amado
Renovou-se e tomou forma.
Perdida na emoção,
Os olhos rasos de água,
Senti bater o coração!

Entrei num mundo encantado, e
Deixei aberta a porta…
Inesquecível momento!
Tocou-me bem fundo na alma
Onde se solta o sentimento.
Recordo agora com saudade
A praia ao luar, eu e a eternidade.


Fui à floresta porque queria viver profundamente,sugar o tutano da vida e aniquilar tudo que não fosse vida.E não,ao morrer,descobrir que não vivi. (Dead Poet Society)

 
Autor
Paula Correia
 
Texto
Data
Leituras
654
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
6 pontos
6
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Manuela Fonseca
Publicado: 08/09/2007 22:10  Atualizado: 08/09/2007 22:10
Colaborador
Usuário desde: 13/06/2007
Localidade: Lisboa
Mensagens: 885
 Re: Corpos Editora
PARABÉNS!!!

Beijinhosssss***


Enviado por Tópico
goretidias
Publicado: 08/09/2007 22:12  Atualizado: 08/09/2007 22:12
Colaborador
Usuário desde: 08/04/2007
Localidade: Porto
Mensagens: 1237
 Re: Corpos Editora
Interessante! Uma boa ideia!
Bjs


Enviado por Tópico
MariaSousa
Publicado: 08/09/2007 23:33  Atualizado: 08/09/2007 23:33
Membro de honra
Usuário desde: 03/03/2007
Localidade: Lisboa
Mensagens: 4096
 Re: Corpos Editora
Um sonho que se torna realidade é uma grande felicidade.

Que bom, Paula!

Bjs