https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

EFEITO

 
EFEITO
Autor: Carlos Henrique Rangel

Ruminei o meu tempo
Devagar,
Degustando o passado.
Passou eu sei...
Mas ficou...
Lembranças brincam
Em minha mente
Se encontrando
Se cumprimentando.
Mistura de pessoas
E coisas
Que não vejo mais...
O aniversário da mãe.
O pai sobre a cama dolorindo
Suas mágoas...
A menina rosada
Nascida para o mundo.
O cheiro de comida de Domingo...
A professora Rita...
A quadrilha...
Os meninos no bar.
A carona que te dei na chuva...
Quando o sino tocou...
Quando você me deixou...
Os suportes da memória
São tantos...
Tantas as alegrias vividas...
Lembrar dói...
Mas é bom...
A borboleta voa
Desengonçada Sobre minha cabeça.
Eu permito uma lágrima
Em sua Homenagem...

(REPRISE)



 
Autor
PROTEUS
Autor
 
Texto
Data
Leituras
445
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 20/01/2011 13:57  Atualizado: 20/01/2011 13:57
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29356
 Re: EFEITO
CO O É BOM TE ÁS LENBRAMÇAS EM MENTE, SE LEMBRAR SE UM ALGO É A SAUDADE EM NÓS ESTAR.
DEIXO MEUA BARÇO, MARTISNS