https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Morte natural

 
Morte natural
 
Morte natural

À sombra dos desencantos
Jaz um único pensamento
Morte natural
Tanto faz a lágrima
Tanto faz a dor
Impossibilidades ...
Pode a folha caída
Voltar ao ramo?
Pode a chuva
Recolher-se em detrimento
De alguém?
Banalidades...
A futilidade, o desdém
Chegou-me em carta expressa
Rasguei-a ao vento
Ouvi então um lamento:
Morte natural!


"A vida de um poeta é como uma flauta na qual Deus entoa sempre melodias novas." (Rabindranath Tagore)
Open in new window

http://taniamarapoesias.blogspot.com


 
Autor
Tânia Mara Camargo
 
Texto
Data
Leituras
1194
Favoritos
3
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
30 pontos
6
0
3
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 20/01/2011 14:24  Atualizado: 20/01/2011 14:24
 Re: Morte natural
*Levo-o comigo, não consigo comentá-lo.
Tocas-me.
Carinho
Ka*

Enviado por Tópico
flavito
Publicado: 20/01/2011 15:06  Atualizado: 20/01/2011 15:06
Da casa!
Usuário desde: 06/12/2009
Localidade: Rio Tinto, Gondomar,Porto
Mensagens: 337
 Re: Morte natural
concordo, este tema e este poema é tão profundo e tão sentido que não há comentário possivel

Parabéns

Enviado por Tópico
belarose
Publicado: 20/01/2011 16:49  Atualizado: 20/01/2011 16:49
Colaborador
Usuário desde: 28/10/2010
Localidade:
Mensagens: 9026
 Re: Morte natural
Boa tarde! Lindo profundo,bjs.

Enviado por Tópico
JOSÉMANUELBRAZÃO
Publicado: 20/01/2011 19:10  Atualizado: 20/01/2011 19:10
Colaborador
Usuário desde: 02/11/2009
Localidade: Lisboa, PORTUGAL
Mensagens: 7775
 Re: Morte natural
Um poema fantástico!
é meu favorito.

Beijo do ZÉ

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 20/01/2011 22:13  Atualizado: 20/01/2011 22:13
 Re: Morte natural
Esplêndido Tânia,Parabéns,amei!
Beijos ternos!

Enviado por Tópico
Vania Lopez
Publicado: 20/01/2011 22:42  Atualizado: 20/01/2011 22:42
Colaborador
Usuário desde: 25/01/2009
Localidade: Pouso Alegre - MG
Mensagens: 17658
 Re: Morte natural
Corta como faca...já é meu. bjs