https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

No Silêncio da Serra

 
Um dia descia a Serra
Enquanto descia,
ia a sonhar...
Era pastora da terra
Via da Serra o luar
A lua maior que a terra
O sonho maior que o ar
Os pastores na pastorícia
Os carneiros a desbastar
Todos os males da terra
Não poderiam acordar
As flores nasciam da guerra
Brotando no meu olhar
Até as árvores floresciam
Não as podiam queimar
Até Seia fiz magia
No silêncio do meu olhar
Pois o homem não existia
Para a floresta devastar
Ali os animais cresciam
A água embalava a cantar
Um passarinho bebia
A paisagem ganhava ar
E eu perdida no monte
Descia a serra a brincar


Cristina Pinheiro Moita /Mim/

 
Autor
mim
Autor
 
Texto
Data
Leituras
2733
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
3
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 22/03/2011 23:38  Atualizado: 22/03/2011 23:38
 Re: No Silêncio da Serra
gostei deste silencio onde os sons se ouvem com mais nitidez. principalmente o do pensamento.

um belo poema mim

beijo azul

Enviado por Tópico
Nanda
Publicado: 23/03/2011 13:25  Atualizado: 23/03/2011 13:25
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2007
Localidade: Setúbal
Mensagens: 11186
 Re: No Silêncio da Serra
Mimzinha,
Beleza e simplicidade ao estilo éclogo.
Beijinhos
Nanda

Enviado por Tópico
Auroraemmim
Publicado: 28/03/2011 15:39  Atualizado: 28/03/2011 15:39
Da casa!
Usuário desde: 28/01/2011
Localidade:
Mensagens: 241
 Re: No Silêncio da Serra
Bonito, profundo, ecológico.
Gostei muito.

Auroraemmim