https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Pra Fado quero a morte.

 
Tags:  saudade    distância  
 
Sem ti não há nada, tudo é nada.
É ter a vida acorrentada
Ao desejo desesperado,
De poder estar do teu lado.
É ter a alegria encarcerada,
Longe, numa ilha abandonada.

Como virgem sem castidade,
Sorriso sem felicidade...
Como uma bussula sem Norte
Ou como rei sem reino ou corte.
(Se não se morre de saudade
Morrerei de infelicidade)!

Parece que em ti sou viciado!
Sou com certeza apaixonado...
Se estar longe de ti... é a Sorte
Então pra Fado quero a morte...

>>>>> Nilton Nascimento


É NO SILENCIO DOS VERSOS, QUE PODEMOS OUVIR O SILENCIOSO GRITO QUE NOSSAS PENAS PINTAM EM PAPEL...

www.nilton.soy.es

 
Autor
niltontuga
 
Texto
Data
Leituras
559
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Ricardo_Barras
Publicado: 08/04/2011 17:09  Atualizado: 08/04/2011 17:09
Da casa!
Usuário desde: 03/04/2011
Localidade: Lisboa, Portugal
Mensagens: 384
 Re: Pra Fado quero a morte.
Caro Nilton,

Bravo!

"Se estar longe de ti... é a Sorte
Então pra Fado quero a morte..."

Estas duas passagens chegam para me encher!

Abraços, Ricardo