https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Álbum

 
Tags:  morte    recordações    O álbum    amor e morte.  
 
Álbum
 
Abri o álbum,
Chorei de vontade,
Já mais pensara passar
Por tal vasta necessidade.



Lembranças indesejadas
Percorreram-me o corpo.
Sem nada poder fazer,
Uma tão grande mágoa
Se debateu perante mim.
Tal tristeza não tem fim.



O teu rosto,
O teu corpo,
As tuas emoções,
Tudo perdido injustamente.
Um só pensamento te controlou,
Mesmo que caísses em agonia,
O que fizeste por mim,
Mais ninguém o faria.



O teu sorriso,
Tenho saudades,
Já mais te poderei ver,
Queria sentir o mesmo que tu.
Queria morrer ao teu lado.
Queria parar de sofrer.
Queria que estivesses comigo,
Com o teu amado.



Porquê, porquê o fizeste?
Abandonaste-me sem avisar.
Partiste sem me contar.
Era tão necessário assim?
Sou egoísta, sim.
Eu quero-te apenas para mim.



Volta, abraça-me.
Não suporto mais.
Aguentar tal dor,
Estar sozinho...
Pecados fatais.
Gritar o teu nome
Mas sem escutar a tua voz mais.
Somos fracos, no fim somos meros mortais.



Quanto mais folheio
Mais triste me encontro.
Os teus retratos, esbeltos,
O teu rosto...



Um dia talvez,
Ouça a tua voz.
Recuperarei o tempo perdido,
Dirte-ei que te amo.





FS

 
Autor
Spranger
Autor
 
Texto
Data
Leituras
843
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Ghost
Publicado: 20/06/2011 23:20  Atualizado: 20/06/2011 23:20
Colaborador
Usuário desde: 09/04/2011
Localidade: Lisboa, Portugal
Mensagens: 1822
 Re: Álbum
Olá poeta.
Um poema triste e saudoso. Um poema em que o eu poético recorda-se com imagens de alguém que partiu e que deixou saudades de amor. Alguém que teve um grande peso e que ainda se encontra muito presente...
Um poema muito belo.

Nota: Há um erro de português na última linha " Dirte-ei".

Abraços e Felicidades.