https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Palavras Impugnaveis

 
Tags:  sustenido    solbemol    impugnavel  
 



Sou o Ontem vestida no Hoje
que no Agora em que transponho
sentimentos em algo real do instante,
transcrevo o que sou ou quem fui
fora de hora.
Sou o Eu Vestida nas Horas,
que escorre pelos Minutos
e Segundos que se vão afora.
Neila Cos...

Open in new window

PALAVRAS IMPUGNAVEIS








Na poesia,
Purifico o sentimento,
Dou ilusão à palavra
Que, prostrada
Por medo
De ser mal Interpretada,
Acanha-se ou sucumbe
Em meio a tantos percalços...
No elevador da alma,
Sobe e desce,
Em efusão,
Esperando a porta se abrir,
Para ir ao encalço do dia...
E se expandir!

Em manhãs truculentas,
Ao meio-dia,
Em tardes infernais,
Ou nas madrugadas sem lua,
No breu das noites,
Solto rajadas de palavras
Diante das ciladas da rua,
Que nos surpreendem...
Nessas horas,
Aspiro sais
Que de nada adiantam!
Engulo os ais...
E por momento,
Tento
Abrandar, do mundo,
O desapontamento.

Embora?Não vou!
Não espero
O sol se opor a nascer,
Nem fico em casa,
Enclausurada, a me abater...
O manuscrito,
É a canção do aflito,
Que componho
Em sol bemol,
Que expulsa o grito
Por um sustenido,
Pelo descaminho
De dia desmerecido.
Fico a plainar como ave,
A terra sem nave,
Sem véu, sem cor,
Sobre tempo insuave.
Ré, pela morte
De um jardim sem flor,
Corroído por cupins
Insaciáveis.
Continuo a plainar...
Em lupa,
O olhar carrega a culpa
Pelo aumento das diversidades...
Sem desculpas!

Meu texto,
Embriagado pelo desgosto,
Cambaleia pelas pautas,
Sem musicalidade,
Sem lema,
Mas, de racionalidade
E tema,
Proposto à raça inumana...

 
Autor
NCosta
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1040
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
10 pontos
10
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 05/07/2011 21:48  Atualizado: 05/07/2011 21:48
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 10240
 Re: PALAVRAS IMPUGNAVEIS
Boa noite NCosta, sua personagem encontra-se mergulhada no oceano dos incômodos, tudo lhe parece insípido perdido sem rumo nem valores, a poesia desafinou, o mundo perdeu o brilho, e a vida virou uma temeridade, restando-lhe apenas aguardar o momento seguinte sublimado pela bondade do criador, para lhe arrancar deste buraco negro, parabens pela forma contundente que narras esta insatisfação de alma. MJ.


Enviado por Tópico
elendemoraes
Publicado: 06/07/2011 17:54  Atualizado: 06/07/2011 17:54
Colaborador
Usuário desde: 05/05/2010
Localidade: Rio de Janeiro - Brasil
Mensagens: 507
 Re: Palavras Impugnaveis
Querida Neila,
há momentos em que, realmente, perdemos as "estribeiras" e não conseguimos segurar o verbo, porque, haja paciência (e santa!)para presenciar e ser atingido por tantos desmandos, sem reagirmos. Tuas palavras são tuas armas: dispare-as sempre que pintar a inspiração ou a revolta.
"Simbora", amiga!


Enviado por Tópico
carolcarolina
Publicado: 07/07/2011 02:01  Atualizado: 07/07/2011 02:01
Colaborador
Usuário desde: 24/01/2010
Localidade: RS/Brasil
Mensagens: 9300
 Re: Palavras Impugnaveis
Querida Amiga
Poetisa Neila!

Um poema muito bem inspirado eu diria que um desabafo.
Tem momentos que nossas palavras soam mal em certos ouvidos, embora se tenha dito outra coisa que não foi o que escutaram.
Na poesia nos libertamos e falamos o que queremos.
Belo poema!
Bjinhos
Carol


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 09/07/2011 00:36  Atualizado: 09/07/2011 00:36
 Re: Palavras Impugnaveis
Lindo demais teu poema!!
Parabéns!

Bjinhos e obrigada pelo carinho ;)


Enviado por Tópico
Ghost
Publicado: 09/07/2011 19:10  Atualizado: 09/07/2011 19:10
Colaborador
Usuário desde: 08/04/2011
Localidade: Lisboa, Portugal
Mensagens: 1822
 Re: Palavras Impugnaveis
Olá poetisa.
Na poesia, nos textos em todas as formas escritas as palavras carregam segredos, amores, paixões, tristezas, tudo o que neças depositamos.
Gostei de a ler.
Abraços e Felicidades.