https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

*Alma Fadista*

 
Tags:  alma    fado    guitarra  
 
Open in new window

Vida minha!
E tão tua que me sinto egoísta,
Em cada momento que divido contigo a vista,
Dessas dores que nos enchem,
Desse amor que nos sossega a alma fadista.

Vida minha!
Que te ofereço em cada nota que chora,
A alma desgraçada dessa guitarra,
Que cada vez que a olho cora,
Com o olhar apaixonado de outrora.

Vida minha!
Vida tua!
Nossas lágrimas juntas numa única voz,
Clamam amor em cada nota crua,
E retiram da dor uma mulher nua.

Vida minha!
Canto para ti o meu triste fado,
Que amo, que agarro e não largo!
Da minha alma este passado,
Em que o coração de uma guitarra ficou apaixonado.

Marlene


Read more: http://ghostofpoetry.blogspot.com


Open in new window


 
Autor
Ghost
Autor
 
Texto
Data
Leituras
786
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
16 pontos
16
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 04/08/2011 21:14  Atualizado: 04/08/2011 21:14
 Re: *Alma Fadista* - Para Marlene
Poxa, Marlene, taí um poema que adoraria ver musicado... Conto como uma belíssima letra de fado, cheia de lirismo português... Perfeição.

Como posso dizer mais? Termino com o verbo que exerci ao ler: Adorei!


Enviado por Tópico
belarose
Publicado: 04/08/2011 21:51  Atualizado: 04/08/2011 21:51
Colaborador
Usuário desde: 28/10/2010
Localidade:
Mensagens: 9026
 Re: *Alma Fadista*
Boa noite! Querida amiga Marlene

esta maravilhosa sua poesia parabéns!

beijos


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 04/08/2011 22:39  Atualizado: 04/08/2011 22:39
 Re: *Alma Fadista*
Marlene, quando ouço alguns fados a minha alma quase mergulha em tristeza! É uma óptima música para ouvir quando nos sentimentos tristes mas, de contrário, deprime! Mas o seu poema em nada me deprimiu, pois gostei muito! Parabéns!


Enviado por Tópico
gil de olive
Publicado: 04/08/2011 23:16  Atualizado: 04/08/2011 23:16
Colaborador
Usuário desde: 03/11/2007
Localidade: Campos do Jordão SP BR
Mensagens: 5046
 Re: *Alma Fadista*
Isso é que é uma bela poesia! Isso e Marlene!Grande poetisa do Luso!


Enviado por Tópico
JOSÉMANUELBRAZÃO
Publicado: 04/08/2011 23:30  Atualizado: 04/08/2011 23:30
Colaborador
Usuário desde: 02/11/2009
Localidade: Lisboa, PORTUGAL
Mensagens: 7775
 Re: *Alma Fadista*
Marlene estás num momento pleno em Poesia!
Um poema belíssimo.

Beijo do ZÉ

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 05/08/2011 00:53  Atualizado: 05/08/2011 00:53
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29303
 Re: *Alma Fadista*
A VIDA É MARAVILHOSA, A VIDA É UMA MARAVILHA DEIXO MEU ABRAÇO. ENCANTO DE POEMA

MARTISNS

Enviado por Tópico
EuniceContente
Publicado: 05/08/2011 01:18  Atualizado: 05/08/2011 01:18
Colaborador
Usuário desde: 06/07/2009
Localidade:
Mensagens: 532
 Re: *Alma Fadista*
"Há um sentimento que me corre nas veias

Um grito que tem de ser largado

Uma raiz com as suas teias

O passado o futuro o meu presente, o Fado"


Lindo!

Enviado por Tópico
JoãoQ
Publicado: 05/08/2011 10:30  Atualizado: 05/08/2011 10:30
Novo Membro
Usuário desde: 04/08/2011
Localidade:
Mensagens: 2
 Re: *Alma Fadista*
Sua poesia, moveu-me de sentimentos, empatia.
Excepcional!!

Com carinho,
Querido Torres

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 05/08/2011 14:19  Atualizado: 05/08/2011 14:19
 Re: *Alma Fadista*
*Sentidas aqui as notas doridas dessa guitarra amorosa...
Beleza de composição!
Beijo-te
Karinna*

Enviado por Tópico
AdTe
Publicado: 05/08/2011 14:40  Atualizado: 05/08/2011 14:40
Da casa!
Usuário desde: 28/03/2011
Localidade:
Mensagens: 340
 Re: *Alma Fadista*
" Vida minha!
Vida tua!
Nossas lágrimas juntas numa única voz,
Clamam amor em cada nota crua,
E retiram da dor uma mulher nua. "


Não quero centralizar-me neste excerto, mas quero dizer-te que me encontrei nas tuas palavras.

Tenho conhecimento de alguém que cantaria EXCELENTEMENTE bem este teu poema, num fado que a meu ver, está perfeito!

Gostei! *

Enviado por Tópico
P03tiza
Publicado: 05/08/2011 17:06  Atualizado: 05/08/2011 17:06
Da casa!
Usuário desde: 14/07/2011
Localidade: Lisboa - Portugal
Mensagens: 238
 Re: *Alma Fadista*
Querida Marlene,

Como já era de esperar, palavras sublimes encontrei. Palavras essas que formam versos transbordantes dessa alma, de transparência, de lágrimas, de tristeza, de uma nova paixão. Versos esses, que formam um lindo poema, repleto daquelas notas chorosas, daquela aliança amorosa com a guitarra e o seu 'eu' lírico.

E é após esta breve apresentação que lhe deixo a minha visão:

Vi uma vida a ser entregue àquele canto, àquela guitarra, àquela voz gritante.
Eu vi, uma nova paixão, uma paixão por aquela guitarra que tão bem a percebia, que tão bem completava a sua dor, com a dela. Na verdade, uniu-se à mesma e ambas partilhavam uma palavra: Vida. Ambas chorosas, ambas apaixonadas, ambas doloridas, ambas moribundas...
O seu 'eu' lírico despiu-se totalmente no cantar deste fado, graças àquela tão entendedora guitarra, àquela sua alma que diria gémea. E sem receios de outros pensares, mostrou-se fraca, mostrou-se humana!
Consigo visioná-la a arrancar o seu coração e a pousá-lo delicadamente aos pés daquela guitarra antes de querer dizer um ‘Adeus’ e pensar naquele amor flamejante para quem cantou: ‘Se não me entendeste, nem a cantar, morrerei aqui a teus pés’.

Vi tanto e vaguei outro tanto que sinto que ficou algo por contar.

Os meus mais sinceros parabéns, os meus mais convictos aplausos e as minhas lágrimas mais cristalinas, porque senti e vivi esse fado.

Abraços e muitas felicidades,
Rute.

Enviado por Tópico
Ghost
Publicado: 11/08/2011 00:18  Atualizado: 11/08/2011 00:18
Colaborador
Usuário desde: 09/04/2011
Localidade: Lisboa, Portugal
Mensagens: 1822
 Re: *Alma Fadista*
Obrigada a todos pelas palavras, comentários e por lerem.
Abraços e Felicidades.