https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

à tua espera com a a a a marreta

 
veio a onda e sentou-me no cais
veio o vento e limpou-me os nasais
veio do sonho um assobio cego
furou-me um olho como um prego

fiquei parada boca de careta

veio a gaivota poisou-me na crista
veio a espuma toldou-me a outra vista
veio a polícia levou-me para a prisa
mas fui expulsa porque não tinha visa

perdi pau e bola, a cara na valeta

veio a solidão que me deu o bote
veio a multidão pedir que me anote
veio o frio gelou-me o esqueleto
e só tu personagem deste soneto

não vieste, óoooo com medo da marreta

(não sei qual delas sou a careta, a valeta ou marreta)

 
Autor
gabrielas
Autor
 
Texto
Data
Leituras
631
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 05/08/2011 13:52  Atualizado: 05/08/2011 13:52
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29256
 Re: à tua espera com a a a a marreta
EM PALAVRAS, ESTA UMA MARAVILHA DEIXO MEU ABRAÇO, BELISSÍMO.

MARTISNS