https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

com certeza

 
eu disse sim, tu assim assim.

dei-to para revirares, mas não cabia, é da idade.
tentaste na cadeira, a porta ficou aberta
mas o sol nublou
e a cadeira derrapou por caridade.

talvez hoje as estrelas estrelem um ovo na minha panela e ao longe os sinos toquem a rebate quando o fogo pegar no fundo do meu vison
oh
pronto, já sei que não voltas, foste no sabon

ai, vontade minha
vagabunda do tempo
que não esqueço
e tu assim assim
como mereço




a uma gaja chata
 
Autor
gabrielas
Autor
 
Texto
Data
Leituras
329
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 14/01/2017 18:32  Atualizado: 14/01/2017 18:32
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 9331
 Re: com certeza
Boa tarde Gabrielas, a vida é uma sucessão de emboscadas, das quais precisamos nos safarmos a todo momento,e quando somos vencidos, terminou a nossa estadia nesta frágil e complexa materialidade, parabéns pelo vosso incisivo poema, um abraço, MJ.