https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

Última esperança

 
Tags:  paz    pÃo    guerras  
 
Open in new window

Última esperança

A minha última e grande esperança
É que este mundo vai mudar um dia
E me mantenho com esta confiança
Que há de se acabar com a tirania

Quando a sabedoria vencer a força
Quando a paz reinar sobre a guerra
Uma voz de libertação o povo ouça
Que há um Eldorado que lhe espera

Se os trilhões gastos nas guerras
Fossem usados para se comprar pão
De fome não morreria um só irmão

Se os dólares gastos em arsenais
Fossem destinados para a educação
Acabaria com toda essa opressão.

jmd/Maringá, 20.09.11


verde

 
Autor
João Marino Delize
 
Texto
Data
Leituras
1424
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 20/09/2011 19:45  Atualizado: 20/09/2011 19:45
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29356
 Re: Última esperança
UM TRIBUTO A PAZ, ENCANTADOR, REFLEXIVO.

Enviado por Tópico
varenka
Publicado: 20/09/2011 22:22  Atualizado: 20/09/2011 22:22
Colaborador
Usuário desde: 10/12/2009
Localidade:
Mensagens: 4211
 Re: Última esperança
Um soneto bem elaborado e verdaeiro!Aplaudo!Bjs.Varenka