https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Pássaro-madrugada

 
Que o teu corpo

Pouse sobre o meu

Brando de ternura

Depois de acalmar

Saudade e desejo.



Seja eu

Porto do teu cansaço

Ninho e abraço

Desde a mágoa

Ao mágico ideal

Infinito dos teus sonhos.



Que te dou,de mim

Terra e semente

Continente de tuas águas

Rasgando o improvável.

Meu amor sem nome

E chão

Mas que não teme

Nem a noite nem o dia

E desafia

Kronos, fome

E solidão.

Sempre a tua espera

Meu pássaro-madrugada.


Flor de Maio.


 
Autor
Flor-de-Maio
 
Texto
Data
Leituras
1237
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
20 pontos
4
0
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
rosafogo
Publicado: 21/11/2011 19:02  Atualizado: 21/11/2011 19:02
Usuário desde: 28/07/2009
Localidade:
Mensagens: 10415
 Re: Pássaro-madrugada
Lindo o teu sentir Poeta, profundo e enternecedor.
Gostei muito!

Enviado por Tópico
rosafogo
Publicado: 21/11/2011 19:02  Atualizado: 21/11/2011 19:02
Usuário desde: 28/07/2009
Localidade:
Mensagens: 10415
 Re: Pássaro-madrugada
Lindo o teu sentir Poeta, profundo e enternecedor.
Gostei muito!

Enviado por Tópico
RoqueSilveira
Publicado: 21/11/2011 20:56  Atualizado: 21/11/2011 20:56
Membro de honra
Usuário desde: 31/03/2008
Localidade: Braga
Mensagens: 8095
 Re: Pássaro-madrugada
de imagens poéticas muito belas, um excelente canto de amor.

roque

Enviado por Tópico
...Cristina...
Publicado: 23/11/2011 00:44  Atualizado: 23/11/2011 00:44
Da casa!
Usuário desde: 27/02/2011
Localidade:
Mensagens: 249
 Re: Pássaro-madrugada
Belas imagens que fico com a leitura deste poema.parabéns.um abraço