https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Da absurdez

 
A absurdez
Quase infinita
Num "Oh!" de espanto
Perante o que o meu olhar
Alcança
Quando, sobranceiro
Se deita
Por Sobre
Os ombros
Desta preguiça.

Inércia tamanha
A que se agiganta
Sob o inatingível
Da planície
[Onde batalhas por conquistas,
tantas...]
Que daqui se avista
Do cume
Da minha grandeza
De pequenez...


*... vivo na renovação dos sentidos, junto da antiguidade das lembranças, em frente das emoções...»

Impulsos

coisa pouca

 
Autor
cleo
Autor
 
Texto
Data
Leituras
515
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 01/12/2011 16:35  Atualizado: 01/12/2011 16:35
 Re: Da absurdez
*Incorporei aqui tuas metáforas e imagens poéticas e senti-me tbem, grande, na minha pequenez.
Gostei do jogo criativo das palavras.
'Absurdo' de tão perfeito!
Beijo-te com admiração
Karinna*

Enviado por Tópico
cleo
Publicado: 13/12/2011 23:35  Atualizado: 13/12/2011 23:35
Luso de Ouro
Usuário desde: 02/03/2007
Localidade: Queluz
Mensagens: 3857
 Re: Da absurdez
Ka*
Um grande de afecto como forma de agradecimento às tuas palavras aqui deixadas.