https://www.poetris.com/
 
 
Para quando este cumprimento olhos nos olhos?!
Sabes, bebé, existem momentos em que já te considero parte da minha realidade.
Não te adivinho a face mas sonho contigo cada vez que avisto as brincadeiras ou falas de uma desconhecida criança no supermercado ou num café!
Mesmo assim assumo-te alguns desejos que secretamente anseio: cabelo ruivo do pai e sublimes sardas minhas; um corpo minúsculo, perfeito, frágil mas cheio de energia, harmoniosamente desenhado com traços nossos fundidos em ti, meu bem!
Não nos conhecemos, mas sussurro-te confiante que a tua existência será planeada e muito desejada, que serás a fusão de duas almas unidas pelo maior e mais poderoso dos sentimentos. Nascerás num momento puro, franco, intenso, a partir de uma combinação perfeita entre dois corpos sedentos de paixão e amor.
Acredita que já há algum tempo brincamos sobre ti: que nome a tua carinha nos vai segredar, como te vamos ensinar a conhecer e viver neste mundo para onde te carregarei no meu ventre, nascerás menina ou menino e muitas mais brincadeiras, desejos e até receios sobre o lugar principal que vais ocupar nas nossas vidas!
Aqui deixo expresso que serás um ser humano muito amado e já muito desejado, não só por mim, tua futura mãe, mas pelo teu futuro pai que te confidencio, sonha contigo de uma forma tão linda e sincera que vai fazer de ti a criança mais feliz deste mundo e arredores e também uma futura pessoa cheia de valores que ambos te devemos e ambicionamos transmitir, mas também por elementos de dois grandes círculos familiares e de amizade que estão à tua espera de braços abertos.
Continua a visitar os meus sonhos!

Marlene Carreira, 30 de Agosto.2011


Léne Carreira

 
Autor
MC_léne
Autor
 
Texto
Data
Leituras
626
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.