https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Quadras Fechadas

 
... de Mim para Ti sobre Nós a Pensar em Ti ...


Não há versos que rimem
a nostalgia patente
de me sentir tão só
no meio de tanta Gente!

Não há palavras que descrevam
a tristeza do meu Ser,
não há pinceis que pintem
a dor de não te ter!

E que Fado cantaria
o desencontro da minh'Alma?!
Que guitarras tocariam
esta dor de quem te Ama?!

Deixem-me Partir
para o outro lado da Vida,
só já quero Sentir,
novo olhar, nova Brisa!



Ricardo Louro
25/04/2012

... e quando num momento a sós com minh'Alma vagueando em pensamentos vãos onde alguém é o porto seguro mas distante do meu navio à deriva pelo Mar da existência ... eis que me surge à poética expressão do Ser, "Quadras Fechadas" ...

no meu 27º aniversario,
junto à Tendinha,
Rossio de Lisboa.



Ser Poeta é exilio
num pais de condenados
um tormento infinito
de mil olhos rejeitados!

Ricardo Maria Louro

 
Autor
Ricky
Autor
 
Texto
Data
Leituras
782
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 27/04/2012 14:35  Atualizado: 27/04/2012 14:35
 Re: Quadras Fechadas
"Não há palavras que descrevam
a tristeza do meu Ser,"

bela poesia.

beijinho.
Isa