https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

GRAVURA

 
GRAVURA
 


Ecos de antigas tragédias
presos nos ermos penhascos,
na melodia dos cascos,
a noite os cala, encantada....

Na melodia dos cascos,
o carro outros sonhos leva.
Outras mãos prendem as rédeas.
E a lua ainda banha a estrada...


(Antigo prato de porcelana chinês, ilustrado)


Sergio de Sersank
Visitem meu blog literário "Estado de Espírito"
http://sersank.blogspot.com

Da coletânea "Estado de Espírito", de Sersank
 
Autor
Sergio de Sersank
 
Texto
Data
Leituras
905
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
12 pontos
4
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Vania Lopez
Publicado: 29/04/2012 21:58  Atualizado: 29/04/2012 21:58
Colaborador
Usuário desde: 25/01/2009
Localidade: Pouso Alegre - MG
Mensagens: 17658
 Re: GRAVURA
E voce faz da porcelana poesia rara.
Obrigada. bjs

Enviado por Tópico
Sergio de Sersank
Publicado: 29/04/2012 22:38  Atualizado: 29/04/2012 22:38
Super Participativo
Usuário desde: 13/01/2010
Localidade: Londrina-PR BRasil
Mensagens: 159
 Re: GRAVURA p/ Vania Lopez
Obrigado, Vania.
Bj!
Sergio

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 30/04/2012 14:45  Atualizado: 30/04/2012 14:45
 Re: GRAVURA
*Olá, Poesia para levar.
Muito bom ler-te.
Um abraço
Karinna*

Enviado por Tópico
Sergio de Sersank
Publicado: 30/04/2012 22:35  Atualizado: 30/04/2012 22:35
Super Participativo
Usuário desde: 13/01/2010
Localidade: Londrina-PR BRasil
Mensagens: 159
 Re: GRAVURA p/ a KARINNA
Obrigado, Karinna.
Alegra-me saber que vc gostou do poema.
Bj!
Sergio de Sersank