https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Antimatéria

 
Antimatéria
 
A luz
In the dark,
Roubo de Prometeu
Brilhando na pedra
Do pré-histórico
Num fiat lux espantoso
Surgido para iluminar
Este mar binário
De oposições constantes
Herdeiras de avatares
Oriundos de explosões
Cósmicas prenhes
De universos
Em rota de colisão.

(Danclads Lins de Andrade).

 
Autor
Danclads
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1010
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
4
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 10/06/2012 00:54  Atualizado: 10/06/2012 00:54
 Re: Antimatéria
Interessante poema. Parabéns.


Enviado por Tópico
AnaMariaMendonçaBito
Publicado: 10/06/2012 02:34  Atualizado: 10/06/2012 02:34
Super Participativo
Usuário desde: 29/04/2012
Localidade: M.S-Brasil.
Mensagens: 159
 Re: Antimatéria
Mui sábio tu caro colega,mui lindo vosso poema:Herdada da metamorfose.
Vinda de explosões.
Gerada pelo astro que nasce e se põe com
o sol.
De planetas e satélites em rota de
colisão.
Visualizei e senti o poder do universo,um abraço de admiração meu caro !!!