https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

É de outono que me vou vestindo

 
É de outono que me vou vestindo.
As memórias, velhas fotografias
Em que os nitratos de prata vão cedendo ao tempo
E aos pouco caducas e castanhas
Essas memórias vão esvoaçando
Para além de mim.
A pele enruga-se no acetinado dos cogumelos
Que brotam silenciosos
E depois desmerecem -
Deste modo sinto o meu sexo.
Desalento o desejo
E espero que as chuvas outonais
Levem nas águas furiosas dos rios renascidos
O meu deleite.
Sei,
Sou apenas o uivo de um lobo
A tartamelear as xácaras do tempo.
Escuto os sons da floresta
Nesta manhã de orvalhada,
Os meus pés desvendam
Os murmúrios das folhas secas,
No meu caminhar na direcção do inverno.


Open in new window


 
Autor
Sedov
Autor
 
Texto
Data
Leituras
904
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
13 pontos
4
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 16/10/2012 13:56  Atualizado: 16/10/2012 13:56
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 16189
 Re: É de outono que me vou vestindo
Boa tarde, amigo poeta!
Belo poema!
Parabéns!
Gostei da leitura!
Bjos!

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 17/10/2012 16:02  Atualizado: 17/10/2012 16:02
 Re: É de outono que me vou vestindo
*Uma introspecção versada com tamanha transparência...
Senti até um certo rigor consigo mesmo...sei lá, tocaste-me com tua alma desvendada aqui.
Uma leitura para guardar.
Um abraço
K*

Enviado por Tópico
ipalha
Publicado: 21/10/2012 22:58  Atualizado: 22/10/2012 23:17
Participativo
Usuário desde: 06/09/2012
Localidade: Coimbra
Mensagens: 28
 Re: É de outono que me vou vestindo
saudade
...sentia-a na companhia das tuas palavras

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 15/10/2014 19:45  Atualizado: 15/10/2014 19:45
 Re: É de outono que me vou vestindo
«Sou apenas o uivo de um lobo(...)No meu caminhar na direcção do inverno.» simplesmente fantástico sua alusão outonal.