https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

DE CORPO ABERTO

 
Open in new window

Orley Ypon





Se ainda houver perdão
no canto da boca,
se ainda houver...

Tão natural
é a mão estendida,
é a vida que abre
o orgulho
sem julgamentos,
é a hora cheia de paciência
e esquecimento.

Faz tanta falta
essas coisas
que morrem
entre olhos,
no abismo do peito
sem transformação.

Se ainda houver energia,
se ainda houver,
me deixa chegar
perto desse silêncio
e desenhar uma ponte
entre os nossos pés sonhadores.

A gente não precisa
disso.
A gente nunca foi
isso.

Não carece de me perdoar.
O erro é sempre de quem
entendeu menos.
Mas, preciso te dizer
que o tempo
nos ensina a perder
com graça e mansidão.


De qualquer forma,
forte é sempre
aquele que primeiro
retirou a faca
enferrujada dos fios
que separam a alma
do coração.


Karla Bardanza

Saímos pela vida perdendo as pessoas que amamos:
pais, filhos, amigos, amantes, e etc
por orgulho e medo.
Nunca é tarde para bater na porta e tentar novamente.
A vida é sempre aquilo que fazêmos dela.




Copyright © 2012 Karla Bardanza

 
Autor
Karla Bardanza
 
Texto
Data
Leituras
1448
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
24 pontos
8
0
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
MaryFio
Publicado: 24/11/2012 02:59  Atualizado: 24/11/2012 02:59
Da casa!
Usuário desde: 28/09/2012
Localidade:
Mensagens: 479
 Re: DE CORPO ABERTO
Karla,
Suas poesias para mim sao como obras de arte.
Desde a fotografia, ate as palavras, e o significado delas.
Tao verdadeira essa mensagem. Ja perdemos tantos trens e ficamos
em estacoes por orgulho. Ou por falta de humildade.
Que lindo isso:
"me deixa chegar
perto desse silêncio
e desenhar uma ponte
entre os nossos pés sonhadores"

Com voce eu aprendo poesia, dignidade e arte.

Um abraco carinhoso
~Mary~


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 24/11/2012 03:17  Atualizado: 24/11/2012 03:17
 Re: DE CORPO ABERTO
Olá, Karla. Um lindo poema de quem aprendeu as lições da vida e agora respira sabedoria. Parabéns lusos.

Enviado por Tópico
Sterea
Publicado: 24/11/2012 03:18  Atualizado: 24/11/2012 03:18
Colaborador
Usuário desde: 20/05/2008
Localidade: Porto
Mensagens: 3397
 Re: DE CORPO ABERTO
Posso dizer:
"passei por aqui"...
mas pra quê dizer
se o meu dizer
não diz nem metade
do que eu senti...?

Beijinho, Karla, vale a pena andar por aqui, isso eu tenho que passar para dizer.

Enviado por Tópico
RoqueSilveira
Publicado: 24/11/2012 11:14  Atualizado: 24/11/2012 11:14
Colaborador
Usuário desde: 31/03/2008
Localidade: Braga
Mensagens: 8228
 Re: DE CORPO ABERTO
Karla, que bem discorres sobre a vida, sobre o amor, o que se deve reter e o que se deve esquecer,
~Beijo~

Enviado por Tópico
Manu_C.
Publicado: 24/11/2012 13:43  Atualizado: 24/11/2012 13:43
Colaborador
Usuário desde: 22/12/2011
Localidade: Itália, Milano
Mensagens: 572
 Re: DE CORPO ABERTO
Sabe, Karla querida, em seus versos eu sempre me encontro,
como se você revestisse de palavras meus mais íntimos sentimentos.
Um poema precioso como uma jóia.

Beijos,
Manuela

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 24/11/2012 16:10  Atualizado: 24/11/2012 16:10
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 16269
 Re: DE CORPO ABERTO
Amiga poetisa!
Sábias palavras! Perfeito!
Impossível não favoritar tão pura reflexão!
Amei! Cheguei a me emocionar com seu texto!
Um forte abraço!

Enviado por Tópico
Karla Bardanza
Publicado: 25/11/2012 15:07  Atualizado: 25/11/2012 15:08
Colaborador
Usuário desde: 24/06/2007
Localidade:
Mensagens: 3491
 Re: DE CORPO ABERTO PARA AQUAZULIS, STEREA, ROQUE SILVEIRA, MANU C E JMATTOS
Meus queridos amigos,

Obrigada por ler minhas insanidades, meu nervo exposto.

Gratidão profunda


karla B