https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Reflexão : 

Loucura

 
Tags:  loucura    sofrimento    sentir  
 
Estou louco. Insano, catastrófico,
Dantescamente infernal esta noite estou.
O que sei? O que quero? Para onde vou?
Falo sozinho, acordado e a dormir
Não sei para onde quero ir
Nem sei onde estou, nem para onde vou.

Sinto-me onda gigante contra o mundo
Que luta, que se opõe a mim, dia após dia,
Que me chama de louco mas que me imitaria
Se soubesse o que eu sei.

Aqui estou eu a atirar versos aleatórios,
Que por vezes nem rima fazem e se desfazem
Em mil pedaços sem sentido, sem direcção
Quadras loucas que atravessam o meu coração...

Tudo porque não falei e aprendi
Que sofri, menti e senti que sem ti
O mundo não fazia sentido e deambulava pelos dias.
Mas estava errado. Hoje sigo, convencido que posso. Porque quero e posso... e sigo.


Escrito a 3 de Outubro de 2008

Agradeço comentários
 
Autor
AntonioCarvalho
 
Texto
Data
Leituras
801
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
RoqueSilveira
Publicado: 22/07/2009 11:43  Atualizado: 22/07/2009 11:43
Membro de honra
Usuário desde: 31/03/2008
Localidade: Braga
Mensagens: 8095
 Re: Loucura
Aprecio muito o que escreves. Este poema em especial mostra muito de ti como escritor...