https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Solidão : 

Dor de desamor

 
Tags:  amor    saudade    solidão    desamor    relacionamentos  
 
Sinto tanta saudades de você
bem aquela saudade de poeta
que decreta para o mundo quão doloroso é
a ausência numa denúncia letrada.

Sinto tanto a sua falta
seja por caracteres num e-mail ou sms
mas a sua companhia, seu perfume, sua presença
é que dá ao poema a dimensão da minha solidão.

Sinto que para mim acabou
como num jogo onde se aposta todas as fichas
e perde para um cretino, que te reduz ao pó
num buraco num cemitério qualquer.

Pareço tão trágico, mas é para mostrar o quanto
por quanto, e o tanto que sua ausência incomoda
o quanto a lembrança, o vazio, a ferida das magoás
embora escondida pelo pus, ainda está lá, aberta.

Quero expelir toda a dor que está no meu peito e na minha cabeça
seja em texto, seja em lágrimas derramadas em meu rosto, seja num grito pavoroso de alguém que perdeu.
Perdeu seu amor, perdeu sua confiança, sua força, suas ilusões, seu caminho
e ficou sozinho.
com a dor.
no peito.


Oh ego Laevus!

Quria escrever mais.
Mas não dá.
quando será que lerei este poema de novo
e verei o quanto tudo mudou
e senão mudou, o que fazer?
 
Autor
Raul de Oliveira
 
Texto
Data
Leituras
1258
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 02/12/2012 13:27  Atualizado: 02/12/2012 13:30
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29998
 Re: Dor de desamor
Palavras triste que torna esse poema muito sentimental. A saudade é a ausência de uma essência. Amor ferido ,coração magoado . Um belo poema.

martisns