https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

À sombra da laranjeira

 
Tags:  trabalho    cafe    laranja    cansaço.  
 
Open in new window

À sombra da laranjeira

Quantas vezes eu me descansava
À sombra d'uma grande laranjeira
Quando já bem exausto eu estava
Trabalhando na lavoura cafeeira

Com o meu canivete bem cortante
Descascava essas laranjas douradas
E só voltava à tarefa massacrante
Após sugar essas frutas adocicadas

Com meus braços finos e cansados
Com apenas doze anos já passados
Eu já enfrentava esta rotineira luta

Lembrando desta laranjeira citada
Acho que por Deus ela foi plantada
Para ajudar em minha dura labuta

jmd/Maringá, 26.02.13


verde

 
Autor
João Marino Delize
 
Texto
Data
Leituras
3582
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 26/02/2013 17:47  Atualizado: 26/02/2013 17:47
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 16206
 Re: Na sombra da laranjeira
Amigo Poeta

Lembrando desta laranjeira citada
Acho que por Deus ela foi plantada
Para ajudar em minha dura labuta


Belo texto! Parabéns!
Beijos!
Janna