https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Fragmento IV

 
A vida – furioso helianto –
Simula-se em canto,
Porque somos todos
Filhos da loucura
E do espanto.

 
Autor
FelipeMendonca
 
Texto
Data
Leituras
687
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
14 pontos
6
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Betha Mendonça
Publicado: 02/04/2013 16:51  Atualizado: 02/04/2013 16:51
Colaborador
Usuário desde: 01/07/2009
Localidade:
Mensagens: 6741
 Re: Fragmento IV
Muito bom!
Gosto de girassóis
sou filha da loucura
e sem cura.
=)


Enviado por Tópico
HelenDeRose
Publicado: 02/04/2013 17:30  Atualizado: 02/04/2013 17:30
Usuário desde: 06/08/2009
Localidade: Sorocaba - SP - Brasil
Mensagens: 2092
 Re: Fragmento IV
Gostei deste fragmento e da expressão que utilizou para definir a vida: furioso helianto. Existe neste helianto, não só girassóis, mas, um composto, um todo, um conjunto que também pode estar ligado ao compor uma criação. De fato, somos uma criação da loucura, repletos de criatividade.

Bom dia!



Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 03/04/2013 00:17  Atualizado: 03/04/2013 00:17
 Re: Fragmento IV
É isso Filipe a ambição domina a mente humana realmente, daí a loucura, a inquietação de querer e querer mais e mais... e por aí adiante.
Em tão poucas palavras um mundo lá dentro, vou ficar por aqui, pois não saíria do tema se continuasse rsrs.
Abraços
Luzia