https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

D. Valderez

 
Advieram os quarenta anos; caminhos de luzes,
Radiosos; brilhantes num reflexo indiviso.
Valderez iluminada, que tua herança conduzes,
Ao longo desses anos, preservastes o sorriso.

Célere de pensamentos – inteligente e sagaz.
Líder por natureza – ditosa empreendedora.
Vitoriosa nas batalhas da carreira promissora,
Tens grande coração! És alguém que nos apraz.

Ansiamos vê-la feliz – Que vivas em abundância!
Sejas sempre calorosa – generosa em tolerância;
Não olvidando que a vida é uma bênção divina.

Lutar... vencer... crescer... É de fato sua sina;
Arquétipo à família, na perpetuação do legado,
Fato empreendedor que os anos têm confirmado!



Maximo Enio da Silva

 
Autor
Maximoeniodasilva
 
Texto
Data
Leituras
598
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Betha Mendonça
Publicado: 06/04/2013 03:51  Atualizado: 06/04/2013 03:51
Colaborador
Usuário desde: 01/07/2009
Localidade:
Mensagens: 6741
 Re: D. Valderez
Gostei do soneto.
Parabéns à Valderez e ao escritor!
Abraço

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 06/04/2013 11:14  Atualizado: 06/04/2013 11:14
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29228
 Re: D. Valderez
Belo e encantador poema