https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Santo António

 

Ó meu rico Santo António
Meu Santo casamenteiro
Ando as voltas com o ordenado
Não me safo o mês inteiro.

Ouve bem meu Santo António
Este povo a chorar
Já estamos fartos da tróica
E do xerife Vítor Gaspar.

Podias fazer um milagre
Que nós, deixe contentes
Mandavas o Coelho e o Portas
Nos submarinos para o oriente.

Não penses que vais escapar
Cavaquinho meu amigo
O santo António está de olho
No silêncio és um perigo.

O que faz falta em Portugal
É um Bocage afinado
Um zé-povinho de barba
Para vos mandar todos a fava.

Ó meu querido Santo António
Olha bem por este país
Manda a tróica para longe
E deixa-nos viver feliz.
(Gaspar Oliveira)


Gaspar oliveira

 
Autor
gasparoliveira
 
Texto
Data
Leituras
679
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
sarcopio
Publicado: 12/06/2013 16:13  Atualizado: 12/06/2013 16:13
Da casa!
Usuário desde: 21/03/2013
Localidade:
Mensagens: 388
 Re: Santo António
santo antônio foi de família abastada e em alguns lugares, tem o posto de coronel, com soldo pago à igreja. não tem nada a ver com seu poema .. só uma divagação