https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Eternidade

 

Hoje ainda choro por ti
No silêncio dos meus ais
Continua a minha dor
Sentimentos são de mais
Foste embora há tantos anos
Deixaste-me aqui tão sozinho
No abismo desta vida
Morro tão devagarinho

Quando eu te sepultei
Eu não queria acreditar
Que a mulher que sempre amei
Não iria mais acordar
Os teus olhos pareciam sorrir
Acalmando a minha dor
O meu coração sofria
Longe de ti não há amor

Os anos vão passando
A dor continua no meu peito
Na ilusão de querer amar
Vejo sempre o teu olhar
Injusto ou talvez não
É contigo que vou ficar
Quando a terra me cobriu
Para mim tu vais voltar

Caminho sem destino
A espera do dia chegar
Olho para o céu e vejo
Uma linda estrela a brilhar
Sei que é o teu sorriso
Que ilumina o meu penar
Em breve vou estar junto a ti
E novamente o verbo amar
Para sempre, vamos conjugar.
(Gaspar Oliveira)


Gaspar oliveira

 
Autor
gasparoliveira
 
Texto
Data
Leituras
217
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.